F1: Lewis Hamilton lidera último treino livre em Montreal

Na última oportunidade de se acertar os carros antes do treino classificatório para o GP do Canadá, Lewis Hamilton indicou que a McLaren será mesmo a principal rival da Red Bull na busca pela pole-position em Montreal. O piloto inglês estabeleceu 1min16s058 em sua melhor volta nesta manhã e ficou com o primeiro lugar.

Após uma sexta-feira longe da ideal, Mark Webber aparenta reação e foi o segundo colocado, dois décimos melhor que Sebastian Vettel, também da Red Bull e que havia sido o melhor da sexta-feira. Fernando Alonso foi o terceiro, mais uma vez à frente do brasileiro Felipe Massa, o 12º.

Outro brasileiro na pista, Rubens Barrichello ficou com a 17ª posição, enquanto Lucas di Grassi apareceu em 22º e Bruno Senna em 23º. Buscando se poupar para a tarde, os pilotos andaram quase o tempo inteiro com pneus duros.

O momento “pataquada” do treino ficou mais uma vez por conta da Hispania, que viu o indiano Karun Chandhok abandonar a pista antes de iniciar a volta de instalação (que verifica o correto funcionamento das funções do carro). Por já ter ultrapassado a linha que separa a área de boxes da pista, ele foi obrigado a empurrar o carro sozinho até o ponto em que pôde receber ajuda dos mecânicos.

Desta forma, ele completou a sessão sem tempo, o que por pouco não aconteceu com Nico Rosberg, companheiro de Michael Schumacher na Mercedes. O alemão só tentou uma volta rápida nos dois últimos minutos da sessão, conseguindo apenas o 18º lugar, ao passo que o heptacampeão mundial conquistou a quarta colocação.

A disputa pelas posições iniciais no Canadá começa às 14 horas (horário de Brasília).

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *