F1: Lewis Hamilton será o companheiro de Alonso na McLaren

A McLaren definiu nesta sexta-feira o companheiro de Fernando Alonso para a temporada 2007 da Fórmula 1. O escolhido foi o inglês Lewis Hamilton, que no ano passado travou grande duelo com o brasileiro Nelsinho Piquet e se sagrou campeão da GP2. Hamilton será o primeiro piloto negro a correr na categoria.

“É um sonho que se torna realidade”, afirmou o piloto de 21 anos de idade, por meio de um comunicado. “Correr na Fórmula 1 com a McLaren era um objetivo para mim, e essa oportunidade é uma maneira fantástica de terminar o ano que foi o melhor para mim.”


Com isso, a McLaren terá sua linha de pilotos toda reformulada em relação a 2006. Neste ano, a escuderia começou com o colombiano Juan Pablo Montoya, que se transferiu para a Nascar, e com o finlandês Kimi Raikkonen, atualmente na Ferrari. O espanhol Pedro de la Rosa substituiu Montoya, mas foi preterido para 2007.


Em sua primeira temporada na principal categoria do automobilismo mundial, Hamilton acredita o desafio será grande, mas que já conta com o apoio da equipe para ter bom desempenho.


“Sei que vai ser um desafio e que haverá muita expectativa em cima de mim. No entanto, a equipe já me avisou para relaxar, fazer o melhor que eu puder e aproveitar a oportunidade”, comentou Hamilton. “Vou trabalhar duro para conseguir bons resultados.”


Sobre o fato de ser o primeiro piloto negro a correr na categoria, Hamilton diz que não é uma questão para ele. “A única vez que eu lembro disso é quando alguém faz um comentário”, disse. “Eu me sinto como qualquer outro piloto que está aí e tem o sonho realizado, mas o que vem com isso é que pode ser que encoraje outros grupos étnicos a se envolverem com o esporte. Não tem que ser para apenas um grupo, pode ser para todo mundo.”


Com a contratação de Hamilton, De la Rosa voltará a ser piloto de testes ao lado do inglês Gary Paffett. “Desde 1998, Hamilton foi uma importante parte na nossa estratégia a longo prazo e vamos ajudá-lo a dar mais um passo para concluir seu sonho de se tornar um piloto de Fórmula 1”, afirmou o chefe de equipe Ron Dennis, referindo-se ao trabalho que foi feito com Hamilton desde o fim da década de 90.


“De la Rosa fez um trabalho excelente nesta temporada, mas sentimos que essa era a hora certa de dar a oportunidade a Hamilton. É claro que será o maior desafio da carreira dele, mas estamos certos de que ele vai corresponder às expectativas.”


Dennis acredita que o piloto inglês tem grande chance de superar a pressão de guiar na categoria. “Ele virá ao paddock pela primeira vez como piloto titular e terá de se familiarizar com a pressão de um fim de semana de GP. Mas a confiança que temos no talento dele nos fez dar-lhe a chance.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *