F1: Lewis Hamilton vence e leva o título de 2014

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (22/11), o GP de Abu Dhabi, no Circuito de Yas Marina, última etapa da temporada. Foi a 11ª vitória de Hamilton no ano. Hamilton conquistou o seu segundo título na categoria (2008 e 2014). O brasileiro Felipe Massa (Williams) terminou em segundo, seguido pelo parceiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

Pole-position, o alemão Nico Rosberg (Mercedes) viu as suas chances de ser campeão acabarem logo na largada. Com problemas no ERS do carro (o sistema de recuperação de energia), Rosberg foi logo superado por Hamilton, que rapidamente abriu uma confortável vantagem.

Rosberg se manteve em segundo até a metade da prova, quando o ERS quebrou de vez, e foi superado por Massa e na sequencia por Bottas. Na segunda rodada de pits, Rosberg perdeu mais posições, caindo para oitavo.

Nas voltas finais, Massa, com os pneus supermacios, começou a tirar a vantagem de Hamilton, perseguindo a sua primeira vitória desde o GP do Brasil de 2008.  No final, Hamilton recebeu a bandeirada com 2s5 de vantagem.

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) fez uma grande prova de recuperação, ao terminar em quarto. Ele, e seu parceiro de equipe, o alemão Sebastian Vettel alinharam no final do grid, após os carros serem desclassificados por irregularidades na asa dianteira.

O britânico Jenson Button (McLaren), talvez em sua última prova na categoria foi o quinto, seguido pelas Force India do alemão Nico Hulkenberg e do mexicano Sérgio Pérez (force India).

Vettel, em sua última prova pela Red Bull, terminou em oitavo, seguido pelas Ferrari do espanhol Fernando Alonso e Kimi Raikkonen. Alonso também se despede da Ferrari, que terá Vettel como parceiro de Raikkonen em 2015.

Rosberg se manteve na pista até o final, terminando na 14ª posição.

Hamilton somou 384 pontos. Rosberg vice, somou 317, seguido por Ricciardo com 238 e Bottas com 186. Vettel, com 167 e Alonso com 161, fecharam os seis primeiros.

Massa somou 134 pontos, em sétimo, seguido por Button com 126, Hulkenberg 96 e Pérez.

A Mercedes foi Campeã de Construtores com 701 pontos. A Red Bull foi vice com 405, seguida pela Williams com 320 e a Ferrari com 216. A McLaren somou 181, seguida pela Force India com 155. 

Final:

1. Lewis Hamilton Mercedes-Mercedes 55 voltas em 1hr39m02.619
2. Felipe Massa Williams-Mercedes +00m02.5s
3. Valtteri Bottas Williams-Mercedes +00m28.8s
4. Daniel Ricciardo Red Bull-Renault +00m37.2s
5. Jenson Button McLaren-Mercedes +01m00.3s
6. Nico Hulkenberg Force India-Mercedes    +01m02.1s
7. Sergio Perez Force India-Mercedes +01m11.0s
8. Sebastian Vettel Red Bull-Renault +01m12.0s
9. Fernando Alonso Ferrari-Ferrari +01m25.8s
10. Kimi Raikkonen Ferrari-Ferrari +01m27.8s

11. Kevin Magnussen McLaren-Mercedes +01m30.3s
12. Jean-Eric Vergne Toro Rosso-Renault    +01m31.9s
13. Romain Grosjean Lotus-Renault +1 volta
14. Nico Rosberg Mercedes-Mercedes +1 volta
15. Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari +1 volta
16. Adrian Sutil Sauber-Ferrari    +1 volta
17. Will Stevens Caterham-Renault +1 volta

Abandonos:

Kamui Kobayashi Caterham-Renault 42 voltas
Pastor Maldonado Lotus-Renault 26 voltas
Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 14 voltas

Volta mais rápida:

Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1m44s496 na volta 50

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *