F1: Lewis Hamilton vence GP da Espanha

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (14/05) o GP da Espanha, em Barcelona, quinta etapa da temporada. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) e o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) completaram o pódio.


Na largada Vettel, segundo no grid, superou o pole Hamilton, assumindo a ponta. Na primeira curva, o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) deu um toque no compatriota Kimi Raikkonen (Ferrari), que na sequencia acabou dando um toque no holandês Max Verstappen (Red Bull), que escapou da pista. Com os carros avariados, Raikkonen e Verstappen, vencedor da prova em 2016, abandonaram.

Um pouco atrás o espanhol Fernando Alonso (McLaren) e o brasileiro Felipe Massa (Williams) se tocaram, com o bicampeão caindo da sétima para a 11ª posição.  Com avarias, Massa foi para os boxes, voltando na última posição.

F1: Lewis Hamilton vence GP da Espanha

Vettel era o líder, seguido por Hamilton, Bottas, Ricciardo e a dupla da Force India, o mexicano Sergio Pérez e o francês Esteban Ocon.

O alemão da Ferrari abriu uma boa vantagem, sobre Hamilton, nas voltas iniciais. Na 15ª volta Vettel foi o primeiro dos lideres a entrar nos boxes, mantendo os pneus macios. Hamilton assumiu a ponta, seguido por Bottas, Ricciardo e Vettel.

Hamilton liderou até a 21ª volta, quando fez a sua parada nos pits. Colocando pneus médios, na estratégia de fazer uma parada a menos do que a Vettel.

Bottas era o primeiro, com Vettel logo atrás. Três voltas depois, Vettel em uma ótima manobra no final da reta, superou Bottas, reassumindo a liderança. Logo depois Hamilton também superou o parceiro de equipe. Na 27ª volta Bottas fez o seu pit stop.

Na 34ª volta, disputando a 15ª posição, Massa levou um toque do belga Stoffel Vandoorne. O novato abandonou com uma suspensão quebrada, com Massa sendo obrigado a mais uma parada não programada nos boxes. Com a McLaren #2 parada na grama, o Safety-Car Virtual foi acionado, para a retirada do carro.

Vários pilotos aproveitaram o SCV para entrar nos boxes. Hamilton colocou pneus macios na 37ª volta, com Vettel entrando na volta seguinte. Colocando pneus médios.

F1: Lewis Hamilton vence GP da Espanha

Vettel retornou a pista dividindo a curva com Hamilton. Com os dois carros chegando a se tocar de leve, e Hamilton dando uma pequena escapada da pista. Na 39ª volta Bottas abandonou com problemas no motor.

Com os pneus macios Hamilton era muito mais rápido do que Vettel. Na 44ª volta o britânico superou o alemão em uma bela manobra por fora, no final da reta.

Nas voltas finais Hamilton aproveitou o tráfego, e abriu uma confortável vantagem de quatro segundos. Sem dar chances a Vettel de tentar recuperar a ponta. O tetracampeão também perdeu tempo atrás de Massa.

No final, Hamilton venceu com 3s490 de vantagem sobre Vettel. Ricciardo, 1m15s820 atrás, fechou o pódio. Ricciardo foi o único piloto a não levar uma volta dos líderes.

F1: Lewis Hamilton vence GP da Espanha

Pérez foi o quarto, seguido por Ocon, o alemão Nico Hulkenberg (Renault) e o espanhol Carlos Sainz (Toro Rosso).

Em uma grande prova, o alemão Pascal Wehrlein (Sauber), com uma estratégia de apenas um pit stop foi o oitavo (mesmo recebendo uma punição de cinco segundos por uma irregularidade durante o seu pit stop).

O russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e o francês Romain Grosjean (Haas) completaram a zona de pontos.  Massa terminou na 13ª posição.

Vettel lidera o campeonato com 104 pontos, seis a mais do que Hamilton. Bottas é o terceiro com 63.

A próxima etapa, o GP de Mônaco, em Monte Carlo, acontece no dia 28 de maio.

Final:

1 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 66 voltas em 1.35’56”497
2 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 3”490
3 – Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault) – 1’15”820
4 – Sergio Perez (Force India-Mercedes) – 1 volta
5 – Esteban Ocon (Force India-Mercedes) – 1 volta
6 – Nico Hulkenberg (Renault) – 1 volta
7 – Carlos Sainz (Toro Rosso-Renault) – 1 volta
8 – Pascal Wehrlein (Sauber-Ferrari) – 1 volta
9 – Daniil Kvyat (Toro Rosso-Renault) – 1 volta
10 – Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1 volta
11 – Marcus Ericsson (Sauber-Ferrari) – 2 volta
12 – Fernando Alonso (McLaren-Honda) – 2 volta
13 – Felipe Massa (Williams-Mercedes) – 2 volta
14 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 2 volta
15 – Jolyon Palmer (Renault) – 2 volta
16 – Lance Stroll (Williams-Mercedes) – 2 volta

Abandonos:

Valtteri Bottas (Mercedes) – 38 voltas
Stoffel Vandoorne (McLaren-Honda) – 32 voltas
Max Verstappen (Red Bull-Renault) – 1 volta
Kimi Raikkonen (Ferrari) – 0 volta

Campeonato, pilotos:

1.Vettel 104 pontos; 2.Hamilton 98; 3.Bottas 63; 4.Raikkonen 49; 5.Ricciardo 37, 6.Verstappen 35; 7.Perez 34; 8.Ocon 19; 9.Massa 18; 10.Sainz 15; 11.Hulkenberg 14; 12.Wherlein 6; 13.Grosjean 5; 14.Magnussen e Kvyat 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *