F1: Lewis Hamilton vence GP da Inglaterra

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (05/07), o GP da Inglaterra, em Silverstone, nona etapa da temporada. Foi a quinta vitória de Hamilton no ano, e 38ª na categoria. O alemão Nico Rosberg completou a dobradinha da Mercedes. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) fechou o pódio.

O brasileiro Felipe Massa (Williams) fez uma grande largada, saindo da terceira posição, para a liderança. Hamilton, que alinhou na pole, era o segundo, seguido pelo finlandês Valtteri Bottas (Williams), que superou Rosberg.

Logo nas primeiras curvas, um acidente envolvendo as duplas da Lotus e McLaren, acionou o Safety-Car. O francês Romain Grosjean, o venezuelano Pastor Maldonado e o britânico Jenson Button abandonaram. O espanhol Fernando Alonso conseguiu levar a sua McLaren para os boxes, com a equipe trocando o bico do carro.

Na relargada, Hamilton foi para a cima de Massa, mas errou, foi para a área de escape e foi superado por Bottas, e quase perdeu também a posição para Rosberg.

Sem conseguir superar os carros da Williams, Hamilton foi o primeiro dos líderes a entrar nos boxes, na 19ª volta. E colocou pneus duros.

Na volta seguinte Massa foi para os boxes, junto com Rosberg. O brasileiro conseguiu sair a frente do alemão, mas Hamilton já havia assumido a liderança. Bottas fez a sua parada, e voltou atrás de Massa. Com pista livre, Hamilton foi abrindo vantagem.

Na 34ª volta o espanhol Carlos Sainz Jr. (Toro Rosso) ficou parado na entrada da reta principal. O Safety-Car Virtual foi acionado, para a retirada do carro. E a chuva, já esperada, começou a ciar, de forma leve.

Com a chuva aumentando, mas sem os pilotos entrarem nos boxes para a troca de pneus, Bottas errou, e foi superado por Rosberg na 41ª volta. Hamilton também deu uma escapada da pista. Com o fraco rendimento da Williams com pista molhada, devido à baixa pressão aerodinâmica, não demorou e Rosberg superou Massa.  O alemão então partiu para cima de Hamilton.

Com a chuva aumentando, Hamilton foi para os boxes, colocar os pneus intermediários, na 54ª volta. Rosberg entrou na sequencia.

A Williams errou; ao não chamar os carros para os boxes. Massa e Bottas tiveram que fazer uma volta mais lenta, antes de entrarem nos boxes. Com isso, a dupla foi superara por Vettel, que havia antecipado a sua parada.

No final, Hamilton venceu com dez segundos de vantagem sobre Rosberg. Vettel foi o terceiro.

Foi a terceira vitória de Hamilton em Silverstone (2008,2014 e 2015).

Massa terminou em quarto, seguido por Bottas. O russo Daniil Kvyat (Red Bull) foi o sexto, seguido pelo alemão Nico Hulkenberg (Force India) e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

O mexicano Sergio Pérez (Force India) e Alonso completaram a zona de pontos. Foi o primeiro ponto do espanhol no ano.

O brasileiro Felipe Nasr (Sauber) com problemas no câmbio, não largou.

Hamilton lidera o campeonato com 194 pontos, seguido por Rosberg com 177 e Vettel com 135. Massa é o sexto com 74 e Nasr com 16 pontos, ocupa a 11ª posição.

A próxima etapa acontece no dia 26 de julho, o GP da Hungria, em Hungaroring.

Final:

1. Lewis Hamilton GBR Mercedes-Mercedes    52 voltas em 1h31m27s729
2. Nico Rosberg  ALE Mercedes-Mercedes +10.9s
3. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari    +25.4s
4. Felipe Massa  BRA Williams-Mercedes +36.8s
5. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +1m01.1s
6. Daniil Kvyat    RUS Red Bull-Renault +1m 03.9s
7. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes +1m 18.7s
8. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +1 volta
9. Sergio Perez    MEX Force India-Mercedes +1 Volta
10. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda    +1 volta
11. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari +1 volta
12. Roberto Merhi ESP Manor-Ferrari +3 voltas
13. Will Stevens GBR Manor-Ferrari +3 voltas

Abandonos:

Carlos Sainz Jr   ESP Toro Rosso-Renault 31 voltas
Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault 21 voltas
Max Verstappen HOL Toro Rosso-Renault 3 voltas
Pastor Maldonado VEN Lotus-Mercedes 1 voltas
Romain Grosjean  FRA Lotus-Mercedes 0 voltas
Jenson Button GBR McLaren-Honda    0 voltas

Não largou:

Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari

Foto: FIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *