F1: Lewis Hamilton vence GP do Bahrain

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (31/03) o GP do Bahrain, no Circuito Internacional de Sakhir, segunda etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Hamilton no ano, e 74ª na categoria. O finlandês Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes. O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) foi o terceiro.

Sakhir - Gara<br />Beffa Leclerc, doppietta Mercedes

Pole-position Leclerc dominava a prova, com nove segundos de vantagem sobre Hamilton, quando começou a perder potência em sua Ferrari. Hamilton rapidamente tirou a diferença, e faltando nove voltas para o final superou o monegasco. Cinco voltas depois Bottas também passou Leclerc.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Na volta seguinte as duas Renault, do alemão Nico Hulkenberg e do australiano Daniel Ricciardo, tiveram problemas mecânicos simultaneamente, com os pilotos encostando os carros na lateral da pista. O Safety-Car foi acionado.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Com o carro de segurança na pista, Hamilton recebeu a bandeira quadriculada, seguido por Bottas e Leclerc. Foi o primeiro pódio de Leclerc na categoria, e o segundo de seu país (Louis Chiron terminou em terceiro no GP de Mônaco de 1950).

“Eu tinha que ver o Charles, ele fez um grande trabalho e fez o suficiente para ganhar a corrida. Eu dei tudo que tinha na corrida, e a disputa com Vettel foi divertida. Foi um grande resultado, considerando o que aconteceu no fim de semana.” Declarou Hamilton, em entrevista.

“Acontece, é parte do esporte a motor. O time fez um trabalho incrível para contornar a falta de velocidade na Austrália. Tivemos sorte com o safety car no final, em meio a uma situação de falta de sorte. Eu tenho certeza que voltaremos mais fortes.” Declarou Leclerc.

O holandês Max Verstappen (Toro Rosso) terminou em quarto, seguido pelo alemão Sebastian Vettel. O tetracampeão chegou a rodar, em uma disputa de posição com Hamilton. E depois teve a asa dianteira quebrada em plena reta (o carro passou por cima da asa), sendo obrigado a fazer um pit stop extra.

O britânico Lando Norris (McLaren) foi o sexto, seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen (Alfa-Romeo) e o francês Pierre Gasly (Toro Rosso). Foram os primeiros pontos de Norris na F-1

O tailandês Alexander Albon (Toro Rosso) e o mexicano Sergio Pérez (Racing Point) completaram a zona de pontos.  Desde o GP da França de 1954 que um tailandês não pontuava em uma prova de F-1 (Principe Bira terminou em quarto lugar com uma Maserati 250F).

Bottas lidera o campeonato com 44 pontos, seguido por Hamilton com 43 e Verstappen com 27.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

A próxima etapa, o GP da China, em Shangai, acontece no dia 14 de abril. Será o GP de número 1000 na história da Fórmula-1.

Final:

1 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 57 voltas
2 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 2″980
3 – Charles Leclerc (Ferrari) – 6″131
4 – Max Verstappen (Red Bull-Honda) – 6″408
5 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 36″068
6 – Lando Norris (McLaren-Renault) – 45″754
7 – Kimi Raikkonen (Alfa Romeo-Ferrari) – 47″470
8 – Pierre Gasly (Red Bull-Honda) – 58″094
9 – Alexander Albon (Toro Rosso-Honda) – 1’02″697
10 – Sergio Perez (Racing Point-Mercedes) – 1’03″696
11 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari) – 1’04″599
12 – Daniil Kvyat (Toro Rosso-Honda) – 1 volta
13 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 1 volta
14 – Lance Stroll (Racing Point-Mercedes) – 1 volta
15 – George Russell (Williams-Mercedes) – 1 volta
16 – Robert Kubica (Williams-Mercedes) – 2 voltas

Volta mais rápida: Charles Leclerc

Abandonos:

Nico Hulkenberg (Renault) – 53 voltas
Daniel Ricciardo (Renault) – 53 voltas
Carlos Sainz (McLaren-Renault) – 53 voltas
Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 16 voltas

Campeonato, pilotos:
1.Bottas 44; 2.Hamilton 43; 3.Verstappen 27; 4.Leclerc 26; 5.Vettel 22; 6.Raikkonen 10; 7.Norris, Magnussen 8; 9.Hulkenberg 6; 10.Gasly 4; 11.Albon, Stroll 2; 13.Kvyat, Perez 1.

Campeonato, construtores:
1.Mercedes 87; 2.Ferrari 48; 3.Red Bull-Honda 31; 4.Alfa Romeo-Ferrari 10; 5.McLaren-Renault, Haas-Ferrari 8; 7.Renault 6; 8.Toro Rosso-Honda, Racing Point-Mercedes 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *