F1: Lewis Hamilton vence o GP da China

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu neste domingo (14/04), o GP da China, no Circuito Internacional de Shanghai, terceira etapa da temporada.  Foi a segunda vitória de Hamilton no ano, e 75 na categoria. A prova foi o milésimo Grande Prêmio de Fórmula-1 disputado (o primeiro foi o GP da Grã-Bretanha de 1950). O finlandês Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) fechou o pódio.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Segundo no grid, Hamilton superou o pole Bottas na largada, e venceu de ponta a ponta. No final o britânico recebeu a bandeira quadriculada com 6s5 de vantagem sobre Bottas.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Vettel completou o pódio, contando com mais uma decisão polêmica da equipe italiana. Na 11ª volta o monegasco Charles Leclerc teve que ceder a posição para o parceiro de equipe. Pelo rádio, o novato reclamou da atitude da equipe.

O holandês Max Verstappen (Red Bul) terminou em quarto, seguido por Leclerc (que por ordem da equipe adiou a primeira parada nos pits, e perdeu a posição para Verstappen).

O francês Pierre Gasly (Red Bull) foi o quinto. Ele marcou a melhor volta da prova, 1m34s742 na 55ª volta, e ficou com o ponto extra. Foi a sua primeira melhor volta na categoria. E os seus primeiros pontos pela equipe austríaca.

O australiano Daniel Ricciardo (Renault), o mexicano Sergio Pérez (Racing Point), o finlandês Kimi Raikkonen (Alfa-Romeo) e o tailandês Alexander Albon (Toro Rosso), que largou dos boxes e fez apenas uma parada nos boxes, fecharam a zona de pontos. Ricciardo pontuou pela primeira vez com a sua nova equipe. Albon veneu o prêmio “Piloto do Dia”.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

Logo na primeira volta o Safety-Car virtual foi acionado. Na curva 4, o russo Danill Kvyat (Toro Rosso) fiou no meio das McLaren do britânico Lando Norris e do espanhol Carlos Sainz Jr. Kvyat e Norris tocaram rodas, com a McLaren chegando a decolar. Com detritos espalhados pela pista, o SCV foi acionado. As duas McLaren foram para os pits, e retornaram a prova após rparos. E Kvyat recebeu um ‘drive-through’.

Hamilton assumiu a liderança do campeonato com 68 pontos, seguido por Bottas com 62.

A próxima etapa, o GP do Azerbaijão, em Baku, acontece no dia 28 de abril.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Final:

1 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 56 voltas
2 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 6″552
3 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 13″744
4 – Max Verstappen (Red Bull-Honda) – 27″627
5 – Charles Leclerc (Ferrari) – 31″276
6 – Pierre Gasly (Red Bull-Honda) – 1’29″307
7 – Daniel Ricciardo (Renault) – 1 volta
8 – Sergio Perez (Racing Point-Mercedes) – 1 volta
9 – Kimi Raikkonen (Alfa Romeo-Ferrari) – 1 volta
10 – Alexander Albon (Toro Rosso-Honda) – 1 volta
11 – Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1 volta
12 – Lance Stroll (Racing Point-Mercedes) – 1 volta
13 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 1 volta
14 – Carlos Sainz (McLaren-Renault) – 1 volta
15 – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari) – 1 vola
16 – George Russell (Williams-Mercedes) – 1 volta
17 – Robert Kubica (Williams-Mercedes) – 1 volta

Volta mais rápidae: Pierre Gasly – 1m34s742 na volta 55

Abandonos:
Lando Norris (McLaren-Renault) – 50 voltas
Daniil Kvyat (Toro Rosso-Honda) – 41 voltas
Nico Hulkenberg (Renault) – 18 voltas

Cameponato, pilotos:

1.Hamilton 68; 2.Bottas 62; 3.Verstappen 39; 4.Vettel 37; 5.Leclerc 36; 6.Gasly 13; 7.Raikkonen 12; 8 Norris, Magnussen 8; 10.Hulkenberg, Ricciardo 6; 12.Perez 5; 13.Albon 3; 14.Stroll 2; 15.Kvyat 1

Campeonato, construtores:

1.Mercedes 130; 2 Ferrari 73; 3 Red Bull-Honda 52; 4 Renault, Alfa Romeo-Ferrari 12; 6.Haas-Ferrari, McLaren-Renault 8; 8.Racing Point-Mercedes 7; 9.Toro Rosso-Honda 4; 10.Williams-Mercedes 0

A imagem pode conter: 1 pessoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *