F1: Liminar permite reabertura de Spa-Francorchamps

Na manhã desta quarta-feira, o autódromo havia sido fechado graças às acusações feitas por uma organização “anti-ruídos” sem fins lucrativos. Embora tal organização tenha apresentado suas queixas em 2007, as autoridades locais só atenderam às reivindicações do grupo nesta semana.

No entanto, de acordo com o site da revista “Autosport”, uma reunião de funcionários do governo belga decidiu aceitar o recurso dos administradores do circuito e mantê-lo aberto. Sendo assim, a tradicional etapa das 6 Horas de Spa, prevista para este fim de semana, poderá acontecer normalmente.

Pierre-Alain Thibaut, administrador-chefe do autódromo, disse ao jornal belga “Le Soir” que a pista tem feito progressos significativos na redução do impacto ambiental de suas atividades.

“Desde que a denúncia foi feita, a situação mudou”, disse. “Trabalhamos arduamente para reduzir a poluição sonora e nosso relacionamento com os moradores da região tem sido muito melhor.”

Fontes ligadas ao autódromo garantem que a pista está de acordo com os limites sonoros estipulados pelas leis locais e estão esperançosos de que a situação não colocará em risco o futuro do GP da Bélgica de F-1 a longo prazo.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *