F1: López vibra com chance e exalta ajuda do governo

Confirmado como piloto titular da USF1, José Maria López, o Pechito, agradeceu aos que o apoiaram a conseguir uma vaga na temporada deste ano da Fórmula 1. Basicamente, agradeceu ao governo de Cristina Kirchner, que injetou grana no time para assegurar um cockpit ao piloto – especula-se que US$ 8 milhões (cerca de R$ 14,4 milhões) são oriundos do governo.

– Com a ajuda de muita gente, hoje podemos estar nesta posição. É um orgulho. É preciso ser lógico com os objetivos e minha meta pessoal é dar 100%. Sabemos que estamos dentro de uma escuderia nova, que começa do zero, mas que é uma grande equipe e está encarando o trabalho da melhor maneira. O objetivo mais lógico é estar na frente das outras equipes novas – disse Pechito.

O ex-piloto argentino Carlos Reutemann, que correu na Fórmula 1 entre 1972 e 1982 com Brabham, Ferrari, Lotus e Williams, é considerado o principal intermediário da contratação de López, já que o recomendou ao inglês Peter Windsor, seu amigo e diretor da USF1.

Segundo Reutemann, a escolha de López pela USF1 foi “importantíssima após ter estado muito perto da Fórmula 1 há alguns anos”.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *