F1: Lotus veta participação de Chandhok no GP da Índia

Tony Fernandes, dono da equipe Team Lotus, vetou nesta terça-feira a participação de Karun Chandhok no Grande Prêmio da Índia, neste fim de semana. O indiano irá apenas testar na sexta-feira, no circuito que inaugura a primeira etapa da Fórmula 1 em seu país.

Chandhok já havia expressado publicamente seu desejo de correr em casa e, inclusive, tinha dado dicas para os outros pilotos na preparação para a prova.

“Pela perspectiva do time, nosso objetivo chave para este fim de semana é manter o desempenho que vimos nas últimas duas corridas e, enquanto eu tenho certeza de que terão fãs na Índia que querem ver Karun correr no domingo, temos que tomar a melhor decisão para o futuro do time”, explicou Fernandes.

“Enquanto todas as razões emocionais para ele pilotar fossem corretas, estamos conscientes de que o tempo curto de corrida que teve no carro nesta temporada, principalmente em função das condições climáticas que tem enfrentado nos primeiros treinos, não dão a ele a melhor preparação para a corrida. Então, tivemos que fazer a difícil escolha de não corrermos com ele neste fim de semana”, acrescentou.

Com a decisão, os pilotos do cockpit da Lotus serão Heikki Kovalainen, da Finlândia, e Jarno Trulli, da Itália. “É absolutamente vital que garantamos o décimo lugar em 2011”, afirmou o dirigente. “Consideramos que muita pressão seria depositada em cima de Karun em sua primeira corrida em casa”, concluiu.

No Mundial de Construtores, a Lotus não possui nem um ponto conquistado, assim como a Hispania e a Virgin. Caso pontue nas últimas corridas do ano, garante o décimo lugar entre as equipes. A primeira concorrente na disputa pela nona posição é a Williams, com cinco pontos.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *