F1: Maldonado e De La Rosa escapam de punição

O venezuelano Pastor Maldonado e o espanhol Pedro De La Rosa foram repreendidos pelos comissários do Grande Prêmio da China de Fórmula 1, após os treinos classificatórios para a corrida, na madrugada deste sábado. A medida não implica em nenhuma punição para a prova.

Maldonado teve a atenção chamada pelos comissários por conta de um incidente com o finlandês Heikki Kovalainen na primeira parte do treino classificatório. O piloto da Caterham acusou seu rival da Williams de mudar de traçado seguidamente durante a reta, impedindo que ele passasse.
“Ele estava alterando a rota na reta e eu fui ficando muito perto dele, então obviamente ele não tinha intenção de me deixar passar. Na curva, eu estava bem em cima dele”, reclamou o finlandês, dono da 19ª colocação do grid de largada.
Já De La Rosa foi repreendido por ter bloqueado a passagem de Bruno Senna também na primeira parte do treino classificatório em Xangai.
Maldonado larga na China da 13ª colocação, logo à frente de seu companheiro Bruno Senna. O experiente espanhol, por sua vez, sofre com o fraco carro da Hispania e ocupa o 21º posto do grid. Atrás dele, apenas seu companheiro de equipe, o indiano Narain Karthikeyan.
Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *