F1: Martin Whitmarsh não vai concorrer à reeleição da FOTA

Chefe de equipe da McLaren substitiuiu Luca di Montezemolo e ficou por três anos no cargo de presidente da associação

O Chefe de equipe da McLaren, Martin Whitmarsh, disse que não irá concorrer à reeleição do cargo de presidente da FOTA, associação dos times da Fórmula 1.

– Não me voluntariar para isso. Suponho que sejam três anos e acho que seria bastante saudável se outra pessoa o fizesse agora. Cabe às equipes decidirem isso – disse Whitmarsh, ao Autosport.

Whitmarsh foi eleito em 2009 e, ao contrário da proposta original, cumpriu três anos de mandato. O britânico foi o substituto de Luca di Montezamolo, da Ferrari.

– Me preocupo com a F-1 em qualquer cargo que ocupe. A McLaren, na minha opinião, tem sido uma cidadã extraordinariamente boa no esporte. Nós (FOTA) tentamos ser uma força dinâmica e estabilizadora, tentando entender os problemas de todos os jogadores. Aconteça o que acontecer, vamos continuar a tentar e fazer essas coisas. Mas acho que seria justo outra pessoa tentar isso – explicou o dirigente.

Fonte: LANCENET!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *