F1: Massa dá primeiros passos em hospital húngaro

Recuperando-se do acidente sofrido no último sábado durante treino classificatório para o GP da Hungria, o brasileiro Felipe Massa deu seus primeiros passos nesta quarta-feira no quarto em que está internado no Hospital Militar de Budapeste.

“A recuperação está sendo surpreendente”, disse o médico particular do piloto, Dino Altmann. Diante da evolução no quadro, o brasileiro pode sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital ainda nesta quarta.

Em relação à alta do hospital, Altmann preferiu não especular. Disse que é incerto quantos dias o brasileiro precisará de cuidados médicos e se ele será levado diretamente para o Brasil ou será transferido para uma clínica na França.

Nesta quarta-feira, Massa acordou e a primeira coisa que pediu foi comida, já que está sendo alimentado somente por sonda. Mais testes motores e neurológicos foram realizados, e o piloto respondeu bem a todos eles, o que indica ausência de sequelas.

O mesmo vale para a visão, que por conta do impacto no olho esquerdo poderia sofrer alguma prejuízo. “Massa não terá nenhuma sequela grave, sobretudo no olho, e não corre nenhum risco de perder qualquer coordenação motora”, afirmou Altman.

Massa ainda passou por uma ressonância, que apontou diminuição significativa do edema. A manhã do piloto terminou com a visita do chefe da equipe italiana Ferrari, Jean Todt, com o qual conversou por alguns minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *