F1: Massa descarta ajuda de Kimi Raikkonen

Um ponto atrás de Lewis Hamilton no Mundial de Pilotos, o brasileiro Felipe Massa admitiu nesta terça-feira que não espera a ajuda de seu companheiro de equipe, o atual campeão da Fórmula 1, Kimi Raikkonen, nas últimas etapas desta temporada.

“Eu estou sentado no carro, sou o único que ganha corridas ou comete erros. É o meu jogo”, disse o piloto da Ferrari ao jornal alemão Welt Am Sonntag. Massa ainda afirmou que seu relacionamento com o finlandês é estritamente profissional.


“Nós trabalhamos juntos e queremos que a Ferrari seja campeã do mundo. Mas, não somos amigos e não temos nenhum relacionamento privado”, explicou. “Se estamos juntos em uma reunião, quando ela acaba, ele abre a porta e vai embora”, completou.


O brasileiro, que está com 77 pontos no Mundial, acredita que tenha potencial para bater o britânico Hamilton, que lidera com 78. “Se não pudesse eu nem deveria estar sentado em uma Ferrari”, afirmou.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *