F1: Massa lamenta carro de segurança e vê excesso em manobra de Vettel

O brasileiro Felipe Massa (Williams) largou na sétima colocação do grid do Grande Prêmio do Bahrein e cruzou a linha de chegada na mesma posição. O piloto se disse prejudicado pela entrada do carro de segurança na parte final da corrida deste domingo e condenou uma manobra do alemão Sebastian Vettel (Red Bull).

Na 41ª volta, o venezuelano Pastor Maldonado (Lotus) acertou a Sauber do mexicano Esteban Gutierrez, que chegou a girar no ar – o piloto saiu ileso. Com o acidente, o carro de segurança entrou na pista e permaneceu até o 47º de um total de 57 giros da corrida.

“Sem dúvida, o carro de segurança não foi um bom negócio para a nossa estratégia. Atrapalhou. Esses pilotos que estavam na nossa frente agora eram difíceis de ultrapassar. A Red Bull estava com pneus mais desgastados, mas tinha uma tração muito melhor do que a nossa”, explicou Massa à Rede Globo.

O brasileiro superou o finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro na Williams, mas terminou atrás de Lewis Hamilton (Mercedes), Nico Rosberg (Mercedes), Sergio Perez (Force India), Daniel Ricciardo (Red Bull), Nico Hulkenberg (Force India) e Sebastian Vettel (Red Bull).

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *