F1: Massa lamenta problemas nos boxes, mas vê carro competitivo

O brasileiro Felipe Massa teve uma trajetória irregular no Grande Prêmio da Turquia, disputado na manhã deste domingo. Ele chegou a andar na quarta colocação, mas terminou apenas no 11º lugar. Apesar de lamentar os problemas que enfrentou nos boxes, ele sentiu o carro mais competitivo.

O piloto largou em 10º e, logo na terceira volta, aproveitou um toque entre a Mercedes do alemão Michael Schumacher e a Renault do russo Vitaly Petrov para assumir a sétima colocação. “O começo foi bom e passei alguns carros na pista”, declarou o brasileiro.

De seus quatro pit stops, Massa teve em problema em três. Na 10ª volta, ele ultrapassou o britânico Lewis Hamilton, da McLaren, e foi aos boxes logo na sequência. Como a Ferrari demorou mais para trabalhar do que a equipe inglesa, o campeão mundial em 2008 voltou à frente do brasileiro.

“Eu parei no momento certo e numa boa posição. Mas o pit stop foi lento, tivemos um problema e voltei atrás do Lewis. No terceiro pit stop, também tivemos problemas e perdi posições”, afirmou. Além dos problemas nos box, o piloto brasileiro ainda perdeu o traçado na pista.

“Eu fui para o lado sujo na Curva 8, estava completamente sujo. Então, perdi mais posições. No último pit stop, tivemos outro problema. Sem dúvida, perdi muitas posições por isso. Temos que corrigir para na próxima corrida fazer os pits o mais rápido possível. Aconteceu de tudo nessa corrida”, lamentou.

O 11º lugar na Turquia foi o pior resultado de Massa na temporada. Ainda assim, ele enxergou um aspecto positivo. “Eu diria que o carro estava mais competitivo. Acho que isso pode ser bom para Barcelona”, disse o brasileiro em alusão ao Grande Prêmio da Espanha, no próximo dia 22 de maio.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *