F1: Massa minimiza batida com Senna mas critica carro

Brasileiro reclama muito do desgaste dos pneus e pede mudanças após fim de semana terrível na Austrália

Após o que se pode chamar de fim de semana de cão, Felipe Massa estava chateado, mas não com Bruno Senna, com quem colidiu no fim do Grande Prêmio da Austrália. O piloto da Ferrari, que abandonou a prova devido aos danos no seu carro, corroborou o discurso do compatriota e afirmou que foi apenas um incidente de corrida, sem culpados.

– Brigando com os dois (Senna e Daniel Ricciardo). Todos freamos muito tarde e saí pela esquerda. Bruno fez a curva melhor, tracionou bem e colocou à minha direita. A curva seguinte era para a esquerda, ele tentou tudo e nossos carros se tocaram. Não podemos dizer que foi culpa dele, são coisas que acontecem numa corrida – disse Massa.

A irritação do brasileiro, na verdade, foi com o comportamento do carro da Ferrari, ruim em todo o fim de semana, e, ainda mais, com um desgaste acentuado dos pneus:

– Sofri durante todos os dias com o balanço do carro. Ele entra na curva e não para na pista. Na corrida, depois de cinco voltas, não tinha mais pneu, mesmo guiando o mais delicado possível. Isso só aconteceu no meu carro, não gasto pneu e temos de descobrir o porquê. Até mesmo nos testes em Barcelona o pneu mole não gastou.

Massa afirmou que seu carro precisa ser revisado para que seja achado o problema que ocasionou esse desgaste excessivo.

– Estou muito chateado por isso. Não dá para aceitar o que aconteceu. Vamos trabalhar para mudar tudo. Temos de achar o problema, primeiro e trocar tudo. Nunca tive problema com desgaste de pneu e temos de saber – finalizou.

Fonte: LANCENET!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *