F1: Max Verstappen vence GP da Áustria

O holandês Max Verstappen (Red Bull) venceu neste domingo (01/07) GP da Áustria, no Red Bull Ring, nona etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Verstappen no ano e quarta na categoria. A dupla da Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel, completaram o pódio.

Na melhor prova da temporada até o momento, Verstappen assumiu a ponta na volta 26, após o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que liderava desde a largada, parar nos boxes, para a troca de pneus.

O holandês manteve a ponta até o final, vencendo com 1s504 de vantagem sobre Raikkonen. Vettel completou o pódio e reassumiu a liderança do campeonato.

O francês Romain Grosjean (Haas) terminou em quarto, seguido pelo parceiro de equipe, o dinamarquês Kevin Magnussen. O quarto lugar foram os primeiros pontos de Grosjean no ano, e o melhor resultado da história da Haas.

A dupla da Force India, o francês Esteban Ocon e o mexicano Sergio Pérez vieram a sequencia.

Depois de largar dos boxes, o espanhol Fernando Alonso (McLaren) fez uma grande prova, chegando em oitavo.

A dupla da Sauber, o sueco Marcus Ericsson e o monegasco Charles Leclerc, fecharam a zona e pontos.

O pole-position, o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) abandonou com problemas hidráulicos logo na volta 14. Hamilton, com problemas na pressão de combustível, abandonou na volta 62. Desde o GP da Espanha de 2016, quando Hamilton e Nico Rosberg se enroscaram na largada, a Mercedes não tinha os dois carros abandonando um Grande Prêmio de F-1.

O estrategista chefe da Mercedes já havia James Vowles já havia pedido desculpas para Hamilton, via rádio, pelo erro de manter o britânico na pista, durante o Safety-Car Virtual provocado para parada de Bottas na curva quatro.

Todos os lideres pararam nos boxes, para a troca de pneus, durante o SCV, exceto Hamilton. Que permaneceu na pista mais dez voltas. Na volta para a pista, Hamilton caiu para o quarto lugar. Pouco depois Hamilton escapou da pista, dando uma passeio pela grama, depois de uma forte disputa com Vettel.

Hamilton não terminava uma prova nos pontos, desde o abandono no GP da Malásia de 2016.

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull abandonou na volta 53, com problemas no motor Renault.

Vettel lidera o campeonato com 145 pontos, um a mais do que Hamilton.

A próxima etapa acontece no dia 08 de julho, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.

Final:

1 Max Verstappen Red Bull/Renault 71 voltas em 1h21m56s024
2 Kimi Raikkonen Ferrari a 1.504s
3 Sebastian Vettel Ferrari a 3.181
4 Romain Grosjean Haas/Ferrari a 1 volta
5 Kevin Magnussen Haas/Ferrari a 1 volta
6 Esteban Ocon Force India/Mercedes a 1 volta
7 Sergio Perez Force India/Mercedes a 1 volta
8 Fernando Alonso McLaren/Renault a 1 volta
9 Charles Leclerc Sauber/Ferrari a 1 volta
10 Marcus Ericsson Sauber/Ferrari a 1 volta
11 Pierre Gasly Toro Rosso/Honda a 1 volta
12 Carlos Sainz Renault a 1 volta
13 Lance Stroll Williams/Mercedes a 2 voltas
14 Sergey Sirotkin Williams/Mercedes a 2 voltas

Abandonos:

15 Stoffel Vandoorne McLaren/Renault 65 voltas
16 Lewis Hamilton Mercedes 62 voltas
17 Brendon Hartley Toro Rosso/Honda 54 voltas
18 Daniel Ricciardo Red Bull/Renault 53 voltas
19 Valtteri Bottas Mercedes 13 voltas
20 Nico Hulkenberg Renault 11 voltas

Campeonato, pilotos:

1 Sebastian Vettel 146 pontos
2 Lewis Hamilton 145
3 Kimi Raikkonen 101
4 Daniel Ricciardo 96
5 Max Verstappen 93
6 Valtteri Bottas 92
7 Kevin Magnussen 37
8 Fernando Alonso 36
9 Nico Hulkenberg 34
10 Carlos Sainz 28
11 Sergio Perez 23
12 Esteban Ocon 19
13 Pierre Gasly 18
14 Charles Leclerc 13
15 Romain Grosjean 12
16 Stoffel Vandoorne 8
17 Lance Stroll 4
18 Marcus Ericsson 3
19 Brendon Hartley 1
20 Sergey Sirotkin 0

Campeonato, equipes:

1 Ferrari 247 pontos
2 Mercedes 237
3 Red Bull/Renault 189
4 Renault 62
5 Haas/Ferrari 49
6 McLaren/Renault 44
7 Force India/Mercedes 42
8 Toro Rosso/Honda 19
9 Sauber/Ferrari 16
10 Williams/Mercedes 4

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *