F1: McLaren abre mão de recurso e Ferrari é campeã por equipes da F1

A McLaren decidiu nesta sexta-feira não recorrer da multa recorde de 100 milhões de dólares e da perda de todos os seus pontos no Mundial de Construtores da Fórmula 1, decisão que garante à Ferrari o título por equipes da temporada.

“A McLaren Racing notificou a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) sua intenção de não recorrer contra o veredicto do Conselho Mundial de Automobilismo”, disse a escuderia em comunicado.


O Conselho Mundial da FIA impôs a punição em audiência realizada quinta-feira passada, em Paris, após considerar a equipe culpada de espionagem técnica da Ferrari.


O chefe da equipe McLaren, Ron Dennis, havia dito durante o Grande Prêmio da Bélgica do último fim de semana que a equipe estava propensa a não recorrer pelo bem do esporte e para impedir que a polêmica na Fórmula 1 se alongasse.


O valor final da multa deve ficar pela metade, devido à dedução de prêmios que seriam pagos à McLaren de acordo com a posição que a equipe terminaria na temporada com os pontos marcados antes da audiência.


A McLaren, que ainda tem o britânico Lewis Hamilton e o bicampeão Fernando Alonso lutando pelo título de pilotos, liderava o Mundial de Construtores antes da perda de todos os seus pontos.


Fonte: Reuters

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *