F1: Melhor brasileiro, Rubinho desabafa

Dono da segunda posição nos treinos livres de sexta-feira para o GP da Austrália, Rubens Barrichello comemorou o fato de a Brawn GP ter conseguido andar entre os melhores. Isso porque havia a desconfiança de que os bons tempos obtidos pela equipe caçula da Fórmula 1 não correspondiam à realidade.

“Apesar do pouco tempo de testes que tivemos, provamos que temos um carro competitivo e fizemos um bom trabalho hoje”, afirmou o recordista de provas disputadas. “Estar aqui foi grande desafio para a equipe. É muito bom estar de volta ao carro e trabalhando em estratégias de corrida novamente”, comentou.

Barrichello ainda comentou o trabalho realizado nesta sexta, que lhe deixou otimista para o treino classificatório deste sábado. “Avaliamos os dois tipos de pneus e estamos felizes com a performance como um todo. Acho que temos uma grande chance de fazermos um bom treino amanhã”, acredita.

Oriunda da estrutura deixada pela Honda, que saiu da Fórmula 1 no final do ano passado, a Brawn GP só foi criada oficialmente no início deste mês. A despeito disto, o time virou bons tempos nos treinos de Barcelona e Jerez, despertando a suspeita de que estariam utilizando algum tipo de manobra, como pouco combustível, para andar na frente e atrair patrocinadores.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *