F1: Mercedes cogita deixar Fórmula 1 devido a escândalo

O diretor esportivo da Mercedes Norbert Haug admitiu publicamente que a montadora, que tem uma parceria de 15 temporadas com a McLaren, poderá deixar a Fórmula 1 devido a mais um escândalo em que a escuderia se envolveu.

No GP da Austrália, tanto o time como Lewis Hamilton omitiram informações sobre um incidente com Jarno Trulli e foram punidos pela FIA. Em 2007, a McLaren se envolveu em um caso de espionagem contra a Ferrari. “Vitórias seriam melhores do que ter discussões como essas. Estamos muito chateados com esta situação”, disse o dirigente.

Além disso, segundo Haug, a crise econômica mundial poderá precipitar uma possível decisão. “Se você me perguntar se estaremos aqui nos próximos dez anos, não posso responder, porque o momento de crise no mundo e na indústria automobilística pode evoluir. Espero que isso mude”, explicou.

Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *