F1: Mercedes não pensa em preencher vaga com Vettel ou Alonso

Parece difícil que a Mercedes vá tirar medalhões de outras equipes para suprir a vaga deixada por Nico Rosberg. Isso segundo o próprio chefe da equipe, Toto Wolff. O executivo rechaçou a hipótese de trazer campeões mundiais como Sebastian Vettel ou Fernando Alonso, mesmo que rumores apontem para uma insatisfação do alemão com a Ferrari, o que facilitaria a troca de escuderia.

“Não é minha intenção interferir nos problemas internos da Ferrari. E eu nem mesmo sei se Sebastian realmente tenha intenção de vir para cá. É a mesma coisa com Alonso. O que a Ferrari e a McLaren farão sem Vettel e Alonso em dezembro? Ou a Williams sem Valtteri Bottas? Essa opção é a que eu menos gosto” disse Wolff para o jornal italiano Gazzetta Dello Sport.

Trabalhando com diversas opções para definir quem será o contratado, Wolff ainda brincou com o assédio que vem sofrendo dos pilotos da categoria, interessados em fazer parte da equipe que levou o campeonato de construtores em 2016 e teve o campeão e vice no campeonato de pilotos.

“Venho sido bombardeado com ligações telefônicas. 80% dos pilotos da Fórmula 1 já me ligaram. Quem não o fez ainda, como Raikkonen e Daniil Kyvat, não fizeram apenas porque eles não tem o meu número”, comentou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *