F1: Mosley analisa sua passagem pela FIA

Depois de anunciar que vai escrever um livro com revelações bombásticas, Max Mosley diz que vai ficar quieto. Seu mandato como presidente da FIA está chegando ao fim e ele já fala sobre sua sucessão.

– Eu quero que o meu sucessor e sua equipe tenham o melhor futuro. Eu espero continuar em contato com os times e com a nova liderança da FIA – disse em carta aos membros da entidade.

Mesmo querendo manter contato, Mosley garante que só vai se manifestar quando for solicitado.

– Chegou a hora de eu me afastar um pouco e aproveitar uma vida mais tranquila – torce Mosley.

Ele também comentou alguns feitos de seu mandato, principalmente sobre os avanços na segurança.

– Em 1994 perdemos Ayrton Senna e Roland Ratzenberger. Fizemos uma revolução no sentido da segurança em todos os níveis do automobilismo com muitas inovações, como o sistema HANS, que protege cabeça e pescoço – analisou.

Ele disse ainda que a eleição será transparente e democrática.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *