F1: Na pole, Brawn ironiza preparação de rivais

A dobradinha da Brawn GP na primeira fila para o Grande Prêmio de Melbourne deixou Ross Brawn confiante a ponto de ironizar o trabalho das outra escuderias. Para ele, não é o sucesso de sua equipe o inesperado, mas provavelmente, os outros times é que não obtiveram o sucesso que ele imaginava.

“Dado o inverno (no hemisfério norte) difícil que tivemos, é surpreendente que estejamos tão fortes. Chegamos ao desempenho que esperávamos, então, talvez os outros é que não tenham feito tanto progresso”, comentou.

Ele explica que o tempo de preparação maior que a Brawn teve, enquanto a equipe ainda pertencia à Honda, pode ter feito a diferença. “Nós tivemos a vantagem de trabalhar com 15 meses de antecedência, em que desenvolvemos o melhor carro que poderíamos dentro das regras”, disse. O resultado foi “especial”, segundo Ross Brawn. Jenson Button, que assegurou a pole position e Rubens Barrichello, segundo melhor tempo, provaram neste sábado que os testes da escuderia não foram um blefe.

“É um dia muito, muito especial. A ficha ainda não caiu – estamos todos exaustos depois do inverno, que geralmente é um tempo para nos juntarmos e descansar”, afirmou Brawn.

“Tivemos um inverno muito complicado e a maneira como as pessoas trabalharam, com tanta incerteza circundando a equipe, foi sensacional”, disse o dirigente.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *