F1: Na pole, Hamilton comemora volta ‘quase perfeita’

Pole-position do GP da China de Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton ressaltou o bom desempenho obtido no treino classificatório da disputa, no qual não foi ameaçado pelos rivais da Ferrari. O piloto da McLaren minimizou a primeira volta ruim na Super Pole, alegando que compensou a falha na tentativa seguinte.

“A primeira volta não foi excelente, mas a última ficou perto da perfeição”, destacou o piloto, que sairá em primeiro lugar pela sétima vez este ano. “Espero que continue assim na corrida e eu consiga o meu melhor desempenho”, destacou.


Questionado se estava sentindo-se pressionado com a possibilidade de conquistar o título neste domingo, depois de perder a taça da temporada passada de forma impressionante, Lewis garantiu que não e disse que está “relaxado”.


“Para ser honesto, eu não tinha nada me pressionando ou na minha mente, exceto fazer a minha volta. Estava relaxado, feliz com o equilíbrio do meu carro e sabia que poderia conseguir a pole. Só foi duro porque eu sabia que todo mundo estava competitivo, inclusive Heikki”, afirmou o piloto, se referindo ao companheiro de equipe Kovalainen, quinto colocado.


“O resultado de hoje prova que estou lidando muito bem com isso, o que é ótimo. Tenho um grande apoio de todo o mundo, do meu time, da minha família. Isso é importante para mim. A equipe está fazendo um trabalho fantástico neste final de semana, depois de uma etapa não tão forte em Fuji”, finalizou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *