F1: Nelsinho Piquet entre Nascar e Force India

Nelsinho Piquet ainda não sabe como será o seu futuro. Depois de prometer pagar os estudos de um soldado ferido em combate na Colômbia, o piloto esteve na etapa de Phoenix da Nascar Sprint Cup e afirma que essa é uma grande possibilidade para 2010, mesmo tendo proposta da Force India.

– Claro, estou tentando sentir como são as coisas aqui na América para saber o que vou sentir, caso tenha de tomar uma decisão. Não quero ir para a América sem saber como são as coisas, então estou passando esses dias conversando com pilotos, donos de equipe e vendo as pistas – disse Nelsinho ao site “Autosport”.

O piloto gosta muito da ideia, mas sabe também que a adaptação não será feita de uma hora para outra. Ele afirma que ouve muitos conselhos para ir para a Nascar, mas quer fazer tudo ao seu tempo.

– Não quero pular fases, mas fazer tudo da melhor forma. Vir da F-1 não significa que posso chegar aqui e andar em um carro da Sprint Cup. Quero chegar aqui por mérito próprio, não por causa de minha carreira na F-1. É um tipo de corrida completamente diferente. Se chegar aqui, começarei fazendo as corridas regionais e algumas na terra. O importante é aproveitar todo o ambiente, não só a corrida. Na prova, se você está se divertindo não é apenas por causa do carro – explicou.

Sobre uma possível volta à Fórmula 1, Nelsinho revelou ter conversas com a Force India, mas tudo está longe de uma definição.

– Estou falando com eles, mas, claro, isso é o mais interessante pra mim (Nascar). Ainda estou decidindo o que fazer. Talvez posso passar mais um ano na Europa. Está tudo no ar – encerrou Nelsinho, que poderá estar nas 24h de Daytonaa em 2010.

Nelsinho Piquet foi demitido da Renault no meio da temporada de 2009, envolveu-se no escândalo de Cingapura e fez alguns testes nos Estados Unidos.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *