F1: Nico Rosberg domina GP do Brasil

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) venceu neste domingo (15/11), o GP do Brasil, em Interlagos, penúltima etapa da temporada. Foi a segunda vitória consecutiva de Rosberg no Brasil. Já campeão antecipado da temporada, o britânico Lewis Hamilton completou a dobradinha da Mercedes. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) ficou em terceiro.

Click em slide para mais fotos (FIA/Ferrari/Mercedes/Williams)

Pole-position, Rosberg dominou a prova, liderando 68, das 71 voltas disputadas. Ele perdeu a liderança para Hamilton somente durante as três paradas nos boxes. No final, Rosberg recebeu a bandeirada com confortáveis 7s7 de vantagem. Foi a sua quinta vitória no ano e 13ª na categoria.

Vettel completou o pódio. O finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) terminou em quarto, seguido pelo compatriota Valtteri Bottas (Williams) e o alemão Nico Hulkenberg (Force India).

O russo Daniil Kvyat (Red Bull), o brasileiro Felipe Massa (Williams), o francês Romain Grosjean (Lotus) e o holandês Max Verstappen (Toro Rosso) completaram a zona de pontos.

Em um comunicado da FIA, os comissários da prova informaram que a Williams de Massa seria vistoriada após a prova. Devido a diferença de temperatura e pressão dos pneus no grid. 

Após a prova, Massa foi desclassificado da prova. Segundo informou a Federação Internacional de Automobilismo, um dos pneus do carro estava a 137ºC antes da largada, 27ºC acima do máximo permitido pela Pirelli, fornecedora oficial de compostos da categoria. A pressão do pneu era de 20,6 psi, 0,1 acima do mínimo permitido. A Williams divulgou que irá apelar da decisão. 

Com isso, Grosjean passou para a oitava posição, seguido de Verstappen e do venezuelano Pastor Maldonado (Lotus).

O brasileiro Felipe Nasr (Sauber) terminou na 13ª posição.

A prova teve apenas um abandono. O espanhol Carlos Sainz (Toro Rosso), que alinhava em décimo, teve problemas de potência quando ia para o grid. Foi rebocado e largou dos boxes. Antes do termino da volta inicial, o espanhol parou o carro na pista, abandonando. 

Hamilton, já com a taça de campeão, soma 363 pontos. Rosberg com 297 já garantiu o vice-campeonato. Vettel em terceiro soma 266. Massa é o sexto com 117 e Nasr o 13º com 27. 

A última etapa acontece em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, no dia 29 de novembro.

Final:

1 – Nico Rosberg (Mercedes W06) – 71 voltas

2 – Lewis Hamilton (Mercedes W06) – 7″756

3 – Sebastian Vettel (Ferrari SF15-T) – 14″244

4 – Kimi Raikkonen (Ferrari SF15-T) – 47″543

5 – Valtteri Bottas (Williams FW37-Mercedes) – 1 volta

6 – Nico Hulkenberg (Force India VJM08-Mercedes) – 1 volta

7 – Daniil Kvyat (Red Bull RB11-Renault) – 1 volta

8 – Romain Grosjean (Lotus E23-Mercedes) – 1 volta

9 – Max Verstappen (Toro Rosso STR10-Renault) – 1 volta

10 – Pastor Maldonado (Lotus E23-Renault) – 1 volta

11 – Daniel Ricciardo (Red Bull RB11-Renault) – 1 volta

12 – Sergio Perez (Force India VJM08-Mercedes) – 1 volta

13 – Felipe Nasr (Sauber C34-Ferrari) – 1 volta

14 – Jenson Button (McLaren MP4/30-Honda) – 1 volta

15 – Fernando Alonso (McLaren MP4/30-Honda) – 1 volta

16 – Marcus Ericsson (Sauber C34-Ferrari) – 2 voltas

17 – Will Stevens (Manor 04-Ferrari) – 4 voltas

18 – Alexander Rossi (Manor 04-Ferrari) – 4 voltas

Abandonos: 

Carlos Sainz (Toro Rosso STR10-Renault) – 0 volta

Desclassificado:

8 – Felipe Massa (Williams FW37-Mercedes) – 1 volta

Campeonato, pilotos:

1.Hamilton 363; 2.Rosberg 297; 3.Vettel 266; 4.Bottas 136; 5.Raikkonen 135; 6.Massa 117; 7.Kvyat 94; 8.Ricciardo 84; 9.Perez 68; 10.Hulkenberg 52; 10.Verstappen 49; 11.Grosjean 49; 13.Nasr 27; 14.Maldonado 27; 15.Sainz 18; 16.Button 16; 17.Alonso 11; 18.Ericsson 9.

Campeonato, construtores:

1.Mercedes 660; 2.Ferrari 401; 3.Williams-Mercedes 253; 4.Red Bull-Renault 178; 5.Force India-Mercedes 120; 6.Lotus-Mercedes 76; 7.Toro Rosso-Renault 67; 8.Sauber-Ferrari 36; 9.McLaren-Honda 27.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *