F1: Nico Rosberg vence na Áustria

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) venceu neste domingo (21/06), o GP da Áustria, no Red Bull Ring, oitava etapa da temporada. Foi a terceira vitória de Rosberg no ano e sétima da Mercedes. O britânico Lewis Hamilton fechou a dobradinha da Mercedes. O finlandês Valtteri Bottas (Williams) completou o pódio.

Na largada, o pole-position, o brasileiro Felipe Massa (Williams) manteve a ponta, com Bottas chegando a ser ultrapassado por Rosberg na primeira curva, mas recuperando a posição na sequencia.

Saindo da nona posição, Hamilton fez uma grande largada, e rapidamente alcançou a quarta posição. Os quatro primeiros então abriram uma confortável vantagem sobre o restante do pelotão.

Logo na volta inicial, o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) ficou lento na pista, e retornou para os boxes. Ele retornou em último lugar.

Na 12ª volta, Rosberg foi o primeiro dos lideres a fazer o pit stop. Hamilton parou duas voltas depois, e Massa na 15ª volta. Massa retornou a pista atrás de Rosberg, e foi superado por Hamilton pouco depois.

Bottas liderou duas voltas, até entrar nos boxes, e retornar entre a dupla da Mercedes.

O mexicano Sergio Pérez (Force India), em uma tática comum da equipe indiana, permaneceu na pista, e assumiu a liderança. Pérez liderou onze voltas, até os pneus acabarem, sendo superado por Rosberg e Bottas na 27ª volta. Com a parada de Pérez, Massa era o quarto.

Na 34ª volta Vettel, andando nas últimas posições, abandonou de vez.

Na 41ª volta, Rosberg fez a segunda parada nos boxes, deixando Bottas na liderança provisória. Hamilton também parou.

Com a parada do finlandês, Massa liderou mais uma volta, e entrou nos pits na 44ª volta.

O espanhol Fernando Alosno (Ferrari) liderou por cinco voltas, entrando nos boxes na 47ª volta.

Rosberg retomou a liderança, seguido por Hamilton, Bottas, Pérez e Massa, que preferiu não atacar o mexicano, que ainda não tinha feito a segunda parada. Com a parada do mexicano, Massa retornou para a quarta posição.

Sem ser atacado por Hamilton, Rosberg levou a sua Mercedes com tranquilidade até a bandeirada final. Bottas conquistou o seu primeiro pódio na categoria.

Massa teve que se defender dos ataques de Alonso nas voltas finais, para garantir o quarto lugar.

Pérez foi o sexto, seguido pelo dinamarquês Kevin Magnussen, o australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), o alemão Nico Hulkenberg (Force India) e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari).

Pérez marcou a volta mais rápida da prova: 1m12s142 na volta 59.

Rosberg lidera o campeonato com 165 pontos, seguido por Hamilton com 136 e Ricciardo com 83. Massa, com 30 pontos, é o nono.

A próxima etapa, o GP da Inglaterra, em Silverstone, acontece no dia 06 de julho.

Final:

1 – Nico Rosberg (Mercedes W05) – 71 votlas em 1.27’54″967
2 – Lewis Hamilton (Mercedes W05) – 1″932
3 – Valtteri Bottas (Williams FW33-Mercedes) – 8″172
4 – Felipe Massa (Williams FW33-Mercedes) – 17″358
5 – Fernando Alonso (Ferrari F14-T) – 18″553
6 – Sergio Perez (Force India VJM07-Mercedes) – 28″546
7 – Kevin Magnussen (McLaren MP4/29-Mercedes) – 32″031
8 – Daniel Ricciardo (Red Bull RB10-Renault) – 43″522
9 – Nico Hulkenberg (Force India VJM07-Mercedes) – 44″137
10 – Kimi Raikkonen (Ferrari F14-T) – 47″777
11 – Jenson Button (McLaren MP4/29-Mercedes) – 50″966
12 – Pastor Maldonado (Lotus E22-Renault) – 1 volta
13 – Adrian Sutil (Sauber C33-Ferrari) – 1 volta
14 – Romain Grosjean (Lotus E22-Renault) – 1 volta
15 – Jules Bianchi (Marussia MR03-Ferrari) – 2 voltas
16 – Kamui Kobayashi (Caterham CT05-Renault) – 2 voltas
17 – Max Chilton (Marussia MR03-Ferrari) – 2 voltas
18 – Marcus Ericsson (Caterham CT05-Renault) – 2 voltas
19 – Esteban Gutierrez (Sauber C33-Ferrari) – 2 voltas

Volta mais rápida: Sergio Perez 1’12″142

Abandonos:
Jean-Eric Vergne (Toro Rosso STR9-Renault) – 59 voltas
SSebastian Vettel (Red Bull RB10-Renault) – 34 voltas
Daniil Kvyat (Toro Rosso STR9-Renault) – 24 voltas

Campeonato:

1.Rosberg 165; 2.Hamilton 136; 3.Ricciardo 83; 4.Alonso 79; 5.Vettel 60; 6.Hulkenberg 59; 7.Bottas 55; 8.Button 43; 9.Massa 30; 10.Magnussen 29; 11.Perez 28; 12.Raikkonen 19; 13.Grosejan, Vergne 8; 15.Kvyat 4; 16.Bianchi 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *