F1: Novo Pacto de Concórdia não preocupa presidente da Toyota

O fim do Pacto de Concórdia vigente na Fórmula 1, que acontecerá no final deste ano, não preocupa a Toyota. Os dirigentes da categoria ainda não chegaram a um consenso sobre um novo acordo, mas John Howett, presidente da equipe japonesa, garante que o assunto já está bem encaminhado pelos times.

Perguntado se haveria uma data para a renovação do Pacto, Howett desconversou. “Acho que é algo que não posso contar, algo que ainda estamos esperando”, disse o dirigente, segundo o site britânico Autosport. “Precisamos que nosso representante comercial nos envie uma versão final, mas acho que (o problema) está nos detalhes técnicos. Creio que todos temos a intenção de assinar um novo acordo, e acredito que ele esteja próximo da conclusão.”


A temporada da Fórmula 1 começa no dia 16 de março com o Grande Prêmio da Austrália, e o presidente da Toyota acredita que o novo compromisso possa estar certo até lá. “Nós verdadeiramente não estamos preocupados, e há a certeza de que este problema irá se resolver rapidamente”, disse Howett.


Para o homem-forte da Toyota, nem mesmo um eventual atraso no acerto do Pacto de Concórdia poderá trazer maiores problemas para equipes e pilotos, graças a um acordo feito com Bernie Ecclestone, presidente comercial da categoria, há dois anos. “Eu diria que é uma extensão da versão modernizada do Pacto vigente”, comparou.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *