F1: Ocon e Magnussen são desclassificados do GP dos Estados Unidos

A Force India comemorou o oitavo lugar de Esteban Ocon, já a Haas comemorou seu melhor resultado em casa. Mas ambas as equipes vão deixar Austin desapontado depois de cada um ter um carro desqualificado devido a irregularidades no uso de combustível.

Esteban Ocon (Force India) terminou a corrida de domingo nos Estados Unidos na oitava posição, uma posição à frente de Kevin Magnussen, da Haas. Mas logo após a corrida, os comissários anunciaram que os dois pilotos estavam sendo investigados por possíveis violações dos regulamentos, com a dupla sendo atingida com as maiores penalidades possíveis.

No caso da Ocon, os comissários, tendo verificado os dados de telemetria, descobriram que seu carro havia ultrapassado o limite de fluxo de massa de combustível de 100 kg / h na volta de abertura da corrida. Magnussen, entretanto, foi constatado que seu carro utilizou mais do que o máximo de 105 kg de combustível permitido durante a corrida.

As decisões significam que a Haas teve um de seus carros desqualificado em duas das últimas cinco corridas, tendo perdido o sexto lugar de Romain Grosjean na Itália para uma irregularidade técnica. A equipe recorreu dessa decisão com a audiência marcada para 1º de novembro – e a equipe americana pode muito bem optar por recorrer da decisão dos comissários em Austin, assim como a Force India.

A Haas está 22 pontos atrás da Renault, já a Force India 11 pontos atrás da McLaren.

Com as desclassificações, quem ganha é a Toro Rosso e Sauber. Brendon Hartley originalmente terminou em P11, mas é promovido a nono, e Marcus Ericsson indo para o décimo, dando à dupla o terceiro e quinto pontos da temporada, respectivamente.

Final:

1 – Kimi Raikkonen (Ferrari) – 56 voltas
2 – Max Verstappen (Red Bull-Renault) – 1″281
3 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 2″342
4 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 18″222
5 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 24″744
6 – Nico Hulkenberg (Renault) – 1’27″210
7 – Carlos Sainz (Renault) – 1’34″994
8 – Sergio Perez (RP Force India-Mercedes) – 1’41″080
9 – Brendon Hartley (Toro Rosso-Honda) – 1 volta
10 – Marcus Ericsson (Sauber-Ferrari) – 1 volta
11 – Stoffel Vandoorne (McLaren-Renault) – 1 volta
12 – Pierre Gasly (Toro Rosso-Honda) – 1 volta
13 – Sergey Sirotkin (Williams-Mercedes) – 1 volta
14 – Lance Stroll (Williams-Mercedes) – 2 voltas

Abandonos: 
Charles Leclerc (Sauber-Ferrari) – 31 voltas
Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault) – 8 voltas
Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 1 volta
Fernando Alonso (McLaren-Renault) – 1 volta

Desclassificados:
Esteban Ocon (RP Force India-Mercedes)
Kevin Magnussen (Haas-Ferrari)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *