F1: Para Hill, Mosley deve reconsiderar posição

Campeão da Fórmula 1 em 1996, Damon Hill também deu sua opinião sobre o escândalo protagonizado pelo presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) Max Mosley, flagrado participando de uma orgia de tema nazista com cinco prostitutas.

Para Hill, que atualmente é presidente do Clube dos Pilotos Britânicos (BRDC, na sigla em inglês), Mosley deveria reconsiderar sua posição após a divulgação das fotos do tablóide News of the World. Por enquanto, o mandatário permanece irredutível na decisão de não deixar o cargo.


Em entrevista ao jornal inglês Times, o ex-piloto afirmou que o caso pode afetar a credibilidade dos esportes automotivos. “Nenhum de nós quer ser moralista acerca de fatos privados, mas há um elemento aqui ligado à imagem do esporte”.


“A capacidade dos representantes do esporte no mundo continua a estar ligada com preocupações políticas sobre valores”, continuou Hill. “Apesar de ser um assunto prático, também tem relação com marketing. Os negócios conectados ao esporte querem uma imagem positiva, e as pessoas do mundo do motor devem apoiar esses valores”.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *