F1: Parceria entre Ferrari e Sauber ainda não é certa para 2014

Sauber e Ferrari já têm relações há anos. A equipe suíça usou motores da italiana entre 1997 e 2005, e desde 2010 voltou a contar com os V8 produzidos em Maranello. Mas essa duradoura parceria pode estar próxima do fim.

Segundo disse a diretora-executiva da Sauber, Monisha Kalterborn, ao site alemão Motorsport Total, não nada certo para que a equipe continue acelerando motores Ferrari após o término do contrato, no fim da próxima temporada.

A partir de 2014, os carros da Fórmula 1 serão empurrados por máquinas V6 turbo.

“É óbvio que primeiro iremos falar com o nosso atual fornecedor de motores, porque nós temos uma longa história juntos. Mas está tudo em aberto, porque acho que eles também não sabem muito mais detalhes do que nós sobre certas condições”, comentou.

Segundo a dirigente, a decisão será tomada de acordo com o que for mais vantajoso para a Sauber.“Deixamos claro que o aspecto financeiro é muito importante para nós. Não queremos voltar aos dias em que tínhamos de pagar muito mais pelos motores”, garantiu.

Recentemente, surgiu a possibilidade de a Sauber passar a usar motores Volkswagen, montadora  que entraria na Fórmula 1. Peter Sauber, dono da equipe, confirmou ter se reunido com o presidente da VW, mas disse não ter nenhuma negociação em andamento.

A montadora alemão pretende ingressar no automobilismo até 2018 e ter seus motores em teste significaria uma boa oportunidade de ser competitiva com sua própria equipe.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *