F1: Pirelli pode fazer pneus mais largos para carros da Fórmula 1

A Pirelli está disposta a mudar o tamanho dos pneus utilizados pelos carros na Fórmula 1. Isso porque segundo o diretor da fornecedora, Paul Hembery, a volta dos compostos mais largos seria uma boa forma de adaptação à menor aerodinâmica dos novos veículos da categoria.

“Foi uma das coisas que discutimos ano passado quando vimos as novas regulamentações. Tendo menos aerodinâmica vamos dar pneus mais largos. Ao mesmo tempo, as equipes não sentiram que fosse necessário, e preferiram que mantivéssemos o mesmo tamanho. Mas sempre dissemos que faríamos o que o esporte quisesse”, afirmou Hembery.

No entanto, o diretor da empresa italiana se mostra resignado quanto às decisões a serem tomadas pelas equipes participantes: “Se eles disserem que querem voltar ao modelo mais antigo, de pneus super largos, faremos isso; 38 cm, 50cm – é só dizer. Mas tem de ser decidido o que deve ser atingido, aí é só nos dizer e começaremos a trabalhar”.

A empresa foi criticada nesta temporada pela produção de pneus duros demais para os carros de 2014, mas Hembery explica o motivo das dificuldades encontradas até aqui: “Do ponto de vista dos pneus, você tem quatro compostos, e, em alguns casos, acaba comprometido durante uma corrida com um deles; outras, você acerta em cheio. Mas essa variação provavelmente adiciona imprevisibilidade às corridas”.

Os polêmicos pneus Pirelli voltarão a manchar as pistas no dia 6 de junho, no circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, para os primeiros treinos livres do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *