F1: Pivô de escândalo de espionagem tem novo emprego

Acusado de ter fornecido informações confidenciais da Ferrari para o projetista Mike Coughlan, ex-McLaren, o mecânico Nigel Stepney conseguiu um emprego como diretor de tecnologia de corridas na empresa Gigawave, que disponibiliza as câmeras que acompanham os pilotos no cockpit.

“Seu cargo cobrirá todas as áreas da Gigawave em esportes de motor, incluindo o contínuo desenvolvimento do sistema de câmeras a bordo que são usados nas maiores categorias de automobilismo”, afirma o comunicado da empresa.


“A Gigawave acredita que um engenheiro do calibre e experiência do Nigel pode beneficiar o desenvolvimento tecnológico no futuro de nossa empresa”, completa.


Por conta do caso de espionagem, a McLaren perdeu todos os pontos no Mundial de Construtores de 2007 e foi multada em US$ 100 milhões (cerca de R$ 178 milhões). Já Stepney foi demitido da Ferrari.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *