F1: Polêmico, Briatore não daria carro a Rossi

Valentino Rossi surpreendeu os bastidores dos esportes a motor ao afirmar na última sexta-feira que ainda pensa em iniciar carreira na Fórmula 1, porém ele não conta com o apoio do chefe de equipe de uma das principais equipes da categoria. Homem-forte da Renault, Flavio Briatore garante que não daria um monoposto ao piloto italiano, visto que ele “pertence ao mundo das motos”.

Animado com o bom rendimento apresentado em testes a bordo da Ferrari, há dez dias, Rossi confessou na última semana ao diário Corriere dello Sport que pretende trocar a MotoGP pela Fórmula 1 em 2011, quando termina seu contrato com a Fiat Yamaha.


De qualquer forma, o hexacampeão mundial já não conta com a complacência de Briatore, um dos principais nomes do automobilismo mundial. “Não creio que lhe daria um carro”, afirmou o chefe da Renault ao diário Il Reformista, referindo-se ao compatriota.


“Ele pertence ao mundo das motos. Ali é um fora de classe e acho que sem ele o Mundial da MotoGP valeria apenas a metade”.


Embora não aposte no talento de Rossi sobre quatro rodas, Briatore reconhece que, em termos de marketing, a chegada do piloto italiano acrescentaria muito à Fórmula 1.


“Não nego que um personagem como ele estaria muito cômodo conosco. É simpático, inteligente, nunca dá declarações fora do lugar e se comporta sempre de um modo sentado. Todo mundo gosta dele, é como uma estrela do rock”, completou.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *