F1: Presidente admite que Renault pode mudar nome

Ghosn diz que objetivo da montadora não é ser uma equipe na F-1

O presidente da Renault, Carlos Ghosn, admitiu que a equipe pode mudar de nome na próxima temporada da Fórmula 1.

Atualmente, rumores apontam que a montadora francesa está em conversas com o Grupo Lotus para acertar uma parceria para o próximo ano.

– Mudanças de nomes acontecem em qualquer lugar. O essencial é preservar o nome Renault. Além da F-1, podem existir outros nomes associados. Não queremos dar a impressão de que somos uma equipe exclusiva. Agora estamos desenvolvendo nossa tecnologia com várias equipes – disse Ghosn.

O presidente afirmou que a Renault não tem como objetivo principal na Fórmula 1 ser uma equipe, mas sim, promover a tecnologia.

– O que posso dizer é que, cada vez mais seremos fornecedores de tecnologia para muitas equipes envolvidas na Fórmula 1. Tudo é tático a respeito de nossa participação financeira nesta ou em outra equipe. Não estamos na Fórmula 1 para ter uma equipe em particular, mas para promover o nome e a tecnologia da Renault – encerrou.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *