F1: Presidente da Argentina diz que país deve receber GP da Fórmula 1 a partir de 2013

A Argentina está próxima de voltar a receber uma etapa da Fórmula 1. A presidente Cristina Kirchner, afirmou nesta quarta-feira que as negociações com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) estão avançadas e que o país deve abrigar um Grande Prêmio por três anos, a partir de 2013.

“Estamos próximos de fechar [um acordo para] que a Argentina seja sede da Fórmula 1. Vamos eleger Mar de Plata como sede”, disse Cristina, em evento com os pilotos argentinos que participaram do Rali Dakar em 2012.

Caso o acordo seja firmado, o Grande Prêmio da Argentina seria realizado em um circuito de rua em Mar del Plata. A última vez que o país recebeu a categoria foi em 1998, durante a presidência de Carlos Menen, em Buenos Aires.
Em dezembro do ano passado, a empresa Velociudad-Speedcity anunciou a construção de um autódromo na cidade de Zárate, com investimento de US$ 100 milhões, com o objetivo de trazer a Fórmula 1 à Argentina. O novo circuito, porém, não foi citado pela presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *