F1: Prost vê dificuldade para Renault motivar equipe diante de maus resultados

O tetracampeão mundial de Fórmula 1, Alain Prost, acredita que a Renault terá um grande desafio em manter toda a equipe motivada esta temporada e garantir um início de 2017 em uma condição melhor que a atual. No último GP, em Baku, os dois pilotos do time francês foram os mais lentos do grid e até agora juntos deram à equipe no campeonato apenas seis pontos, o que a coloca na nona colocação na disputa de construtores.

A ineficiência no retorno da Renault à Fórmula 1 tem uma explicação. Após conquistar o bicampeonato com Fernando Alonso em 2005 e 2006 os franceses não conseguiram voltar a vencer um Mundial de Fórmula 1, permaneceram anos apenas fornecendo motores para outras equipes até decidirem pela compra da Lotus. O grande problema foi o atraso para que todo o negócio fosse finalizado, fato que afetou no desenvolvimento do carro.

“É difícil e talvez mais difícil do que eles pensam por causa do atraso na definição da compra da Lotus. Estava esperando um pouco mais de desempenho, mas não muito. O problema não é o que você pode ver hoje, o problema é mais você tentar entender o motivo pelos quais as coisas não estão saindo bem hoje até o final do ano. O problema é mais como você motiva as pessoas até a última corrida e gerencia tudo para que se possa ter um bom carro em 2017”, afirmou Prost, que é embaixador da Renault na Fórmula 1.

Para o piloto francês, a grande questão para a Renault é se a equipe deve continuar trabalhando no desenvolvimento do carro de 2016 ou simplesmente se conformar com a péssima situação atual e ir direto para o planejamento da próxima temporada.

“Continuamos a desenvolver o carro de 2016 ou vamos direto para o de 2017? Essa é uma decisão difícil de tomar. Quando você está tão devagar não é fácil. É mais fácil fazer isso quando está na média um pouco acima do mínimo aceitável para um carro de Fórmula 1”, completou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *