F1: Raikkonen fecha outro dia de testes em primeiro

O finlandês Kimi Raikkonen foi, mais uma vez, o mais rápido nos testes no circuito de Sakhir, do Bahrein. Neste domingo, ele fez 61 voltas com o melhor tempo em 1min30s015. A Ferrari e a Toyota estão treinando no país.

Porém, a escuderia italiana teve que interromper os treinos por problemas de óleo na pista, que impediram a equipe de dar mais voltas.


Após simular uma corrida, rodando 70 voltas, Felipe Massa garantiu o segundo melhor tempo do dia com 1min30s190, a 175 milésimos do atual campeão da Fórmula 1. Mas o brasileiro teve problemas no motor e foi obrigado a parar antes.


Já os pilotos da Toyota rodaram mais de 90 voltas cada, com o italiano Jarno Trulli fazendo o terceiro melhor tempo, com 1min30s944, enquanto o companheiro de equipe, o alemão Timo Glock, cravou 1min31s213.


A escuderia ficou satisfeita com a programação do dia, que simulou treinos livres, voltas para formação de grid de largada e uma corrida.


“Foi um bom dia. Nós fizemos várias voltas e simulamos com sucesso uma corrida, sem nenhum problema”, disse Jarno Trulli.


“Nós fizemos alguns ajustes para o trabalho deste domingo e o tempo das voltas mostrou que nós demos um passo à frente. Ainda temos muito trabalho, mas estamos definitivamente indo na direção certa, o que é muito positivo”, concluiu o italiano.


Porém, Timo Glock estava menos contente com a simulação de corrida.


“Durante a manhã, eu fiz uma simulação de corrida pela primeira vez depois de alguns anos, e eu fui muito bem. Mas, no terceiro treino, com um pouco mais de combustível, eu também andei bem e a velocidade estava boa, mas quando nós fizemos a simulação de uma corrida, eu não tive o ajuste ideal”, explicou o alemão.



Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *