F1: Ralf descarta mudança do irmão para a Toyota

O alemão Ralf Schumacher afirmou nesta quarta-feira que não acredita que o irmão Michael possa deixar a Ferrari no final desta temporada do Mundial de Fórmula 1.

O empresário dos irmãos Schumacher, Willi Weber, disse que o heptacampeão poderia trocar a equipe italiana pela Toyota, onde Ralf corre atualmente.

“Claro que não seria um problema correr na mesma equipe que o Michael, mas isso é impossível, porque ele nunca vai deixar a Ferrari”, disse Ralf, em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport

O irmão caçula de Michael Schumacher afirmou que o heptacampeão não deve também abandonar a carreira, apesar de ter completado 37 anos.

“Quando você chega à Fórmula 1, você acha que depois de dois ou três anos terá ganhado dinheiro suficiente para deixar a categoria. Mas quanto mais você corre, mais se diverte. Isso acontece com o Michael e ele não irá se aposentar”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *