F1: Razia luta para viabilizar estreia no Brasil

Baiano participa de treinos livres, mas busca patrocinadores para poder disputar corrida de Interlagos como titular do Team Lotus

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, prova que encerra a temporada 2011 da categoria, vencida por Sebastian Vettel, está se aproximando. E o número de pilotos brasileiros no grid pode ser de quatro competidores.

Além de Felipe Massa (Ferrari), Rubens Barrichello (Williams) e Bruno Senna (Renault), Luiz Razia negocia para disputar a corrida que acontece anualmente no circuito de Interlagos. O baiano de 22 anos compete regularmente na GP2, principal porta de acesso à F-1, e já tem um pé na categoria, atuando como terceiro piloto do Team Lotus.

Razia participará do evento em Interlagos, integrando o grid no primeiro treino livre da sexta-feira com o carro da Lotus. No entanto, para participar do GP em sí, Luiz luta por uma viabilização financeira que depende de patrocinadores. “Já há alguns meses venho lutando e conversando com patrocinadores para conseguir o apoio necessário para disputar esta corrida”, comenta Razia.

“Para o Brasil é muito interessante ter mais um piloto no grid, o que representa sangue novo. O país vem em um grande crescimento econômico e seria interessante para as empresas terem seus nomes atrelados a um evento de primeira qualidade tecnológica, com uma exposição mundial, além de apoiarem o esporte nacional”, completa o baiano, que está na Europa realizando testes na GP2.

O GP do Brasil está marcado para o dia 27 de novembro. Antes disso, Razia participará do testes de novatos pela Lotus no circuito de Abu Dhabi, nos dias 15 a 17 do mesmo mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *