F1: Red Bull lança carro com degrau no bico, mas se diz ‘menos feia que a Ferrari’

Campeã dos dois últimos Mundiais de Construtores, a Red Bull lançou nesta segunda-feira o esperado modelo RB8, desenhado pelo badalado projetista Adrian Newey e com poucas novidades em relação ao carro que venceu 12 de 19 corridas no ano passado.

A principal mudança é o bico rebaixado, que teve novidade em relação aos outros lançamentos: uma entrada de ar posicionada junto ao degrau. Mas, enquanto a Ferrari admitiu que o recurso deixa o carro mais feio, o consultor Helmut Marko, responsável pelo programa de esportes a motor da Red Bull, disse que o RB8 é mais bonito que o F2012.

“Nosso carro não é tão feio quanto o da Ferrari”, declarou Marko ao jornal alemão Bild. Mas o degrau no bico é bem parecido com o da escuderia italiana, e o novo RB8 também apresenta mudanças no escapamento, a fim de se adaptar ao novo regulamento.

O projetista Adrian Newey não negou a feiura do novo bico, mas explicou sua funcionalidade: “A restrição da altura do bico não mudou tanto o chassi. Mantivemos mais ou menos o mesmo formato, mas tivemos que rebaixar o nariz na parte frontal, o que, em comum com tantas outras equipes, nos fez pensar que o bico ficou um pouco mais feio. Tentamos estilizá-lo da melhor maneira possível, mas não é algo que você optaria por fazer se não houvesse a restrição”. 

Sétima equipe a lançar o novo carro em 2012, a Red Bull é a sexta a adotar o degrau no bico. Principal concorrente na disputa do título no ano passado, a McLaren foi a única até agora que não apresentou a modificação na parte frontal.

Bicampeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel é a principal aposta da Red Bull para manter o domínio em 2012. O alemão fará dupla com o australiano Mark Webber pelo quarto ano seguido.

Vettel, que será o segundo ao testar o novo carro, fez questão de tentar diminuir as expectativas em torno da nova Red Bull: “Sempre olhamos para o ano passado e pensamos o quanto especial foi. Mas, para ser honesto, você não pode começar uma temporada achando que vai ser igual ou parecida com a anterior. Seria errado pensar que 2011 vai acontecer de novo”.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *