F1: Renault deverá continuar a ter cores preto e dourado em 2012

A decisão do Grupo Lotus de comprar a marca da Renault resultou na opção do uso do preto e dourado, ainda que as outras construtoras do esporte a motor utilizem o verde e dourado dos tempos antigos da Lotus – a exemplo do rival da Renault, Team Lotus, de origem malaia. Como a justiça britânica liberou o uso da marca Lotus tanto pela Renault como pelo time malaio, os franceses decidiram prosseguir com as novas cores.

“Acho que precisamos de consistência. Nós gostamos do desenho, e (as cores) preto e dourado são utilizados em muitas versões limitadas de carros de estrada”, explicou Dany Bahar, diretor do Grupo Lotus.

“Esse desenho teve boa aprovação do público, principalmente nos carros de estrada, então não vemos razão para mudar isso”, explicou.

Bahar ressaltou que a briga pelo uso do espólio da Lotus com Tony Fernandes, empresário malaio do Team Lotus, só deixou o Grupo Lotus mais fortalecido, e não mudará os planos da empresa na Fórmula 1.

“A questão se tratava de patrocínios, o patrocínio da marca Lotus, e o uso da tecnologia. O problema da denominação foi incômoda, mas na verdade já não nos afeta mais”, finalizou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *