F1: Retorno de F-1 à África do Sul pode ser adiado

O retorno da Fórmula 1 à África do Sul pode ser adiado mais uma vez. Segundo o representante do consórcio que tenta recuperar a etapa, Simon Grindrod, as negociações se complicaram por razões financeiras. A Cidade do Cabo precisaria de US$ 500 milhões (cerca de R$ 84,5 milhões) para transformar o projeto em realidade.

“Os investidores estão preocupados com a evidente oposição da província ao projeto”, confessou Grindrod ao jornal Cape Business News. “Um simples sim ou não da província seria suficiente”.


A África do Sul realizou um grande prêmio pela última vez em 1993, ainda na pista de Kyalami. O projeto de reintrodução da categoria no país prevê a construção de um novo circuito próximo à Cidade do Cabo, mas o responsável pelos investimentos do município, Ebrahim Rasool, tem relutado em se comprometer diretamente com o empreendimento.


Segundo Grindrod, a postura governamental frustrou os investidores interessados em participar do empreendimento e alguns já cogitam aplicar seu dinheiro em outros projetos.


Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *