F1: Retorno de Schumacher compensa ausência de Alonso

Sem o ídolo da torcida de Valência Fernando Alonso, os organizadores do Grande Prêmio da Europa já se preparavam para uma prova sem muitas expectativas em 23 de agosto. Porém, tudo mudou com o anúncio do retorno à Fórmula 1 de Michael Schumacher, que serve como compensação após a suspensão aplicada à Renault.

Somente desde o último dia 29, quando a Ferrari confirmou que Schumacher substituirá Felipe Massa, acidentado nos treinos classificatórios da Hungria, já foram vendidos 10 mil ingressos para a corrida de Valência, enquanto que, nas demais semanas, o número raramente chegava a 6.500.

Ao divulgar esses dados à agência de notícias alemã DPA, um dos organizadores da etapa, Carlos Moreno, apostou alto que a presença do heptacampeão mundial está servindo de combustível após a perda de Alonso, que verá a Renault cumprir suspensão depois que uma roda de seu carro se soltou na Hungria.

“É óbvio que a venda dos ingressos foi bastante compensada”, disse o dirigente. Vale lembrar, contudo, que a ausência do piloto espanhol diante dos fãs ainda não é oficial, pois a escuderia entrou com um recurso junto à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para mudar a decisão.

Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *