F1: Ricciardo substituirá Karthikeyan na Hispania

Após de disputar todos os treinos de sexta-feira da temporada, piloto finalmente tem sua chance em correr um Grande Prêmio

A Hispania anunciou nesta quinta-feira que o piloto australiano Daniel Ricciardo será piloto oficial da escuderia espanhola no restante da temporada da Fórmula 1 a partir da próxima prova, o Grande Prêmio da Grã-Bretanha, no circuito inglês de Silverstone.

No fim do ano passado, Ricciardo teve bom desempenho em um treino para jovens pilotos realizado em Abu Dhabi, quando pilotou para a Red Bull, e havia a expectativa de que ele substituísse o suíço Sebastien Buemi ou o espanhol Jaime Alguersuari na Toro Rosso, da qual atualmente é terceiro piloto, o que acabou não acontecendo. Agora, ele ocupará o lugar do indiano Narain Karthikeyan.

– As escuderias Hispania e Red Bull assinaram hoje um acordo de colaboração pelo qual o jovem piloto australiano Daniel Ricciardo se une à escuderia espanhola como piloto oficial – declarou a equipe espanhola em comunicado.

Ricciardo se une ao italiano Vitantonio Liuzzi, que será seu companheiro em Silverstone. Karthikeyan continua na escuderia, que, no entanto, ainda não decidiu se ele voltará a ser titular em alguma das provas restantes.

– Isto é um sonho feito que se torna realidade para mim. Pela primeira vez estou no grid de largada da F1. Tive que me beliscar algumas vezes para garantir que era real. Estou esperançoso e mal posso esperar para pilotar em Silverstone. É um desafio novo, uma experiência nova e uma equipe nova, mas estou preparado e darei o melhor de mim – disse o australiano em declarações divulgadas pela Hispania.

Daniel Ricciardo nasceu no dia 1 de julho de 1989 em Perth, Austrália. Em 2008, conseguiu seu primeiro título como piloto, na Fórmula Renault 2.0 West European Cup. Em 2009, se mudou para a Fórmula 3 Inglesa e foi campeão com 87 pontos de diferença sobre o segundo colocado.

Daí passou para a Fórmula Renault 3.5. No campeonato de 2010, ficou a apenas dois pontos de ficar com o título, mas ficou atrás do russo Mikhail Aleshin.

Em 2011, após testar para a Red Bull, foi selecionado como terceiro piloto da escuderia Toro Rosso.

Fonte: Lancenet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *