F1: Rubens “Nunca pode ficar feliz com o 12o, mas virei uma boa volta”

Barrichello cravou o tempo de 1min48s082 na pista de Marina Bay e ficou em 12º posto no grid





O brasileiro Rubens Barrichello ficou com a 12ª colocação no treino classificatório para o Grande Prêmio de Cingapura, nas ruas da capital do país, em Marina Bay, posição acima da esperada pela equipe Williams F1 após os treinos livres. O piloto marcou o tempo de 1min48s082, ficando na frente de seu companheiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado, que fez um tempo dois décimos acima, angariando a 13ª posição.

Como já era de se esperar, mesmo o treino sendo disputado durante a noite, o calor extremo e a umidade deram o ar da graça e determinaram muito o acerto e equilíbrio dos carros.

“Temos dois olhares diferentes sobre este resultado. Você nunca pode ficar feliz com a 12ª colocação, mas virei uma boa volta e estou satisfeito com isso”, disse Barrichello, que marcou os quatro dos cinco pontos da equipe na competição. O circuito de rua de Marina Bay é um dos favoritos de Rubens, que elogiou a pista.

“Esse é um grande circuito, um dos que mais gosto, mas é um pouco complicado. As zebras são um problema, elas foram a causa do acidente de Kobayashi, então, precisamos ter um cuidado especial com elas. Também teremos muito tráfego, por isso tentarei desvencilhar o mais rápido possível dele para pegar ar mais limpo”, descreveu o recordista de corridas de F1.

Rumando ao título, Sebastian Vettel marcou mais uma pole no ano. Ao seu lado largará Mark Webber. Jenson Button, Lewis Hamilton e Fernando Alonso fecham o top-5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *