F1: Schumacher volta para casa após mais de 8 meses, diz assessoria

Depois de longos nove meses, Michael Schumacher voltará para casa. O ex-piloto de Fórmula 1 está internado no Hospital Universitário de Cantão de Vaud, na Suíça, há quase três meses, mas nesta terça-feira a assessoria de imprensa do heptacampeão mundial comunicou o retorno do alemão para sua residência.

Schumacher sofreu um acidente enquanto esquiava nos Alpes Franceses, no dia 29 de dezembro de 2013. Na queda, ele bateu a cabeça em uma pedra, ocasionando a perde da consciência e movimentos. De lá, o alemão foi direto para o Centro Hospitalar Universitário de Grénoble, na França, onde ficou por aproximadamente seis meses.

Na nota, a assessoria explica que, por conta de alguns progressos nos último meses, o ex-piloto poderá dar continuidade para sua recuperação em casa: “A reabilitação de Michael vai acontecer na casa dele. Considerando as severas lesões que ele sofreu, houve progresso nas últimas semanas e meses. Ainda há, entretanto, um longo e difícil caminho pela frente”, explicou a assessoria.

Assim como no último comunicado, a porta-voz Sabine Kehm pediu para que a imprensa respeite a privacidade da família de Schumacher: “Nós pedimos que a privacidade da família de Michael continue a ser respeitada e que as especulações sobre o estado de saúde dele sejam evitadas”.

No entanto, o comunicado deixa claro que a volta do alemão para sua casa não significa que grande mudanças ocorreram em seu estado de saúde: “Não deve ser entendido que grandes mudanças em seu quadro de saúde são as razões de sua transferência”.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *