F1: Sebastian Vettel vence o movimentado GP da Grã-Bretanha

O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) venceu neste domingo (08/07) o GP da Grã-Bretanha, no Circuito de Silverstone, décima etapa da temporada. Foi a quarta vitória de Vettel no ano, e 51 na categoria. O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) e o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari) completaram o pódio.

F1: Sebastian Vettel vence o movimentado GP da Grã-Bretanha

Vettel fez uma ótima largada e assumiu a ponta, seguido por Bottas, que também superou o pole Hamilton. Raikkonen também tentou passar Hamilton e os carros se tocaram, com o britânico rodando. E caindo para a última posição.  Raikkonen recebeu uma punição de dez segundos pelo toque.

Enquanto Hamilton fazia uma corrida de recuperação, alcançando a sexta posição já na 13ª volta, Vettel mantinha a liderança. Na 20ª volta o piloto da Ferrari #5 entrou nos boxes, para a primeira troca de pneus, deixando Bottas uma volta na liderança. Com a parada do finlandês, Vettel retomou a ponta.

Na 33ª volta, o sueco Marcus Ericsson (Sauber) saiu reto na curva 1, parando na barreira de pneus. O Safety-Car foi acionado.

Vettel fez o seu segundo pit stop, cm Bottas permanecendo na pista, e assumindo a primeira posição.  Na relargada, na 38ª volta, Bottas manteve a ponta. Na sequência o francês Romain Grosjean (Haas) e o espanhol Carlos Sainz Jr. (Renault) se tocaram e saíram da pista. Provocando o segundo Safety-Car.

Com a prova reiniciada Bottas, com os pneus já totalmente gastos, passou a ser pressionado por Vettel. Até que na 47ª, de 52 voltas disputadas, Vettel ultrapassou o finlandês, e reassumiu, em definitivo, a ponta.

F1: Sebastian Vettel vence o movimentado GP da Grã-Bretanha

Bottas abriu passagem para Hamilton, sendo também superado por Raikkonen.

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) foi o quinto, seguido pelo alemão Nico Hulkenberg (Renault) e o francês Esteban Ocon (Force India).

O espanhol Fernando Alonso (McLaren), o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) e o mexicano Sergio Pérez (Force India) completaram os dez primeiros.

Entre os demais abandonos da prova, o monegasco Charles Leclerc (Sauber) desistiu logo depois do seu pit stop, devido uma roda mal fixada.

O holandês Max Verstappen (Red Bull), que protagonizou um belo duelo com Raikkonen na metade da prova, abandonou pouco depois de uma rodada.

O neozelandês Brendon Hartley (Toro Rosso) completou apenas uma volta, e recolheu o carro para os boxes.  

Vettel lidera o campeonato com 173 pontos, seguido por Hamilton com 161.

A próxima etapa, o GP da Alemanha, em Hockenheim, acontece no dia 22 de julho.

Final:

1 – Sebastian Vettel (Ferrari) – 52 voltas em 1.27’29″784
2 – Lewis Hamilton (Mercedes) – 2″264
3 – Kimi Raikkonen (Ferrari) – 3″652
4 – Valtteri Bottas (Mercedes) – 8″883
5 – Daniel Ricciardo (Red Bull-Renault) – 9″500
6 – Nico Hulkenberg (Renault) – 28″220
7 – Esteban Ocon (Force India-Mercedes) – 29″930
8 – Fernando Alonso (McLaren-Renault) – 31″115
9 – Kevin Magnussen (Haas-Ferrari) – 33″188
10 – Sergio Perez (Force India-Mercedes) – 34″708
11 – Stoffel Vandoorne (McLaren-Renault) – 35″774
12 – Lance Stroll (Williams-Mercedes) – 38″106
13 – Pierre Gasly (Toro Rosso-Honda) – 39″129
14 – Sergey Sirotkin (Williams-Mercedes) – 48″113
*Punido em cinco segundos por toque em Pérez

Abandonos:

Max Verstappen (Red Bull-Renault) – 46 voltas
Carlos Sainz (Renault) – 37 voltas
Romain Grosjean (Haas-Ferrari) – 37 voltas
Marcus Ericsson (Sauber-Ferrari) – 31 voltas
Charles Leclerc (Sauber-Ferrari) – 18 voltas
Brendon Hartley (Toro Rosso-Honda) – 1 volta

Campeonato, pilotos:

1.Vettel 173; 2.Hamilton 161; 3.Raikkonen 116; 4.Ricciardo 106; 5.Bottas 104; 6.Verstappen 93; 7.Hulkenberg 42; 8.Alonso 40; 9.Magnussen 39; 10.Sainz 28; 11.Ocon 25; 12.Perez 24; 13.Gasly 18; 14.Leclerc 13; 15.Grosjean 12; 16.Vandoorne 8; 17.Stroll 4; 18.Ericsson 3; 19.Hartley 1.

Campeonato, construtores:

1.Ferrari 287; 2.Mercedes 267; 3.Red Bull-Renault 199; 4.Renault 70; 5.Haas-Ferrari 51; 6.Force India-Mercedes 49; 7.McLaren Renault 48; 8.Toro Rosso-Honda 19; 9.Sauber-Ferrari 16; 10.Williams-Mercedes 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *