F1: Segundo revista, Renault comprará Lotus e estará no grid em 2016

A Renault deverá retornar ao grid em 2016. Segundo a revista britânica Autosport publicou nesta sexta-feira, a montadora francesa irá comprar a Lotus. De acordo com a publicação, o acordo será finalizado na semana que vem e poderá ser anunciado no GP da Itália, em Monza, no dia 6 de setembro.

A revista afirma que a Renault irá ficar com 65% da equipe Lotus, pagando 65 milhões de libras (aproximadamente R$ 360 milhões). Na primeira parcela, que deverá ser paga ao final do acordo, a montadora francesa irá desembolsar 7,5 milhões de libras (aproximadamente R$ 41,5 milhões). O restante será depositado em prestações iguais nos próximos 10 anos.

Um dos donos da Lotus através do grupo de investimentos Genii, Gerárd López continuará como um dos acionistas da escuderia, com 25%. Os 10% restantes ficarão com o francês Alain Prost, tetracampeão de Fórmula 1. Segundo a revista, os dois terão papeis semelhantes aos de Toto Wolff e Niki Lauda na Mercedes.

Com esse acordo, a Renault também terá que indenizar a Mercedes por quebrar o contrato de fornecimento de motores. A publicação aborda que a montadora francesa já teria um pacote de patrocinadores “pronto” para quando fechar o negócio.

O francês Romain Grosjean continuaria na equipe comandada pela Renault, enquanto o venezuelano Pastor Maldonado negociaria sua permanência na escuderia, ajudado pela empresa estatal de seu país, a PDVSA.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *